30 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
PMCG
SAÚDE

Pacientes aprovam e elogiam acolhimento implantado nas unidades 24 horas

26 maio 2017 - 08h08
A dona Sebastiana elogiou o trabalho de acolhimento. (Foto: Assessoria/SESAU)
A dona Sebastiana elogiou o trabalho de acolhimento. (Foto: Assessoria/SESAU)
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

Implantado há menos de um mês em quatro unidades de saúde 24 horas do município, o projeto “Fale Comigo” tem auxiliado pacientes que necessitam de um atendimento mais humanizado.  O trabalho dos agentes acolhedores, inclusive, tem sido visto com bons olhos pelos pacientes.

“Faz muito tempo que eu não vinha aqui no posto e achei maravilhoso o atendimento destes meninos. Eu cheguei aqui e logo eles vieram me perguntar o que eu estava precisando, se eu estava passando mal ou precisava de atendimento. Eles são muito atenciosos”, relatou a aposentada Sebastiana Rosa de Oliveiras, 76 anos.

Ela faz questão de ressaltar que desta vez foi até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Coronel Antonino para acompanhar o marido que estava com principio de alergia.

“Eu expliquei pra eles o que estava acontecendo e logo eles encaminharam a gente pra recepção. O atendimento foi rápido e meu marido medicado. Não ficamos nem duas horas na unidade”, declarou.

O aposentado Jonáto Pereira, 68 anos, também elogiou o atendimento recebido na unidade e disse que o tratamento dado aos pacientes ajuda, inclusive, a fazer o tempo de espera passar mais rápido.

“Eu cheguei aqui e fui atendido por eles. Os meninos ficaram conversando comigo e eu nem vi o tempo passar. O médico me chamou, passei pela consulta e estou indo já pra casa. Graças a Deus não era nada demais e já peguei o remédio aqui mesmo pra tratar”, contou.

O projeto de acolhimento Fale Comigo, desenvolvido entre uma parceria da Secretaria de Saúde (SESAU), por meio da Ouvidoria do SUS, e Ouvidoria Geral do Município,  funciona 24 horas nas UPAs Coronel Antonino, Vila Almeida, Universitário e Leblon. Ao todo são 16 colaboradores, distribuídos nas unidades entre às 6 e às 18 horas.

O objetivo do projeto é oferecer informações, tirar dúvidas, encaminhar os usuários acolhidos para as salas de atendimento e solucionar a demanda. Os profissionais não substituem a triagem realizada pelos enfermeiros e o atendimento médico nas unidades, mas oferecem ao paciente esclarecimento quanto ao fluxo dos procedimentos.

Os colaboradores escalados para o acolhimento já trabalham nos serviços administrativos das unidades ou na própria Sesau. Eles receberam uma capacitação sobre quais são as atribuições principais e como deve ser a abordagem ao paciente.

O projeto deve atender as demais unidades em breve, contudo passará por avaliações para ajustar e melhorar os procedimentos e a abordagem adotada.

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)
pmcg ms
TJ MS