18 de janeiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
SAÚDE

Grupo de estudantes de medicina levam alegria ao Hospital Regional de Ponta Porã

O grupo, denominado Drs. Paysonrisas, que em português significa “Palhaços do Riso”, é semelhante a organização brasileira “Doutores da Alegria”

23 maio 2017 - 14h44Da Redação com assessoria
Pacientes do Hospital Dr. José de Simone Netto receberam uma visita surpresa  de alunos de medicina brasileiros e paraguaios
Pacientes do Hospital Dr. José de Simone Netto receberam uma visita surpresa de alunos de medicina brasileiros e paraguaios - Divulgação

Os pacientes do Hospital Dr. José de Simone Netto (Hospital Regional de Ponta Porã) receberam uma visita surpresa neste domingo, 21 de maio. Alunos de medicina brasileiros e paraguaios, de duas faculdades paraguaias, visitaram os leitos do Hospital vestidos de palhaços, levando muita diversão e levantando a autoestima de quem estava internado e também dos acompanhantes.

O grupo, denominado Drs. Paysonrisas, que em português significa “Palhaços do Riso”, é semelhante a organização brasileira “Doutores da Alegria” e ambos utilizam a arte do palhaço para entreter crianças, adolescentes e outros públicos em situação de vulnerabilidade e risco social em hospitais públicos e ambientes adversos. É um movimento instituído na capital do Paraguai, Assunção, mas que vai à fronteira Pedro Juan Caballero e Ponta Porã para dar cursos nas universidades e fazer a integração com os alunos e professores - voluntários brasileiros - também dos cursos de enfermagem, como é o exemplo do colaborador do Hospital e integrante do grupo de palhaços, Tiago Alves. “Achei maravilhoso vir ao meu local de trabalho como voluntário e poder servir ao próximo de outra maneira. Senti que pude valorizar o trabalho dos meus colegas e elevar a autoestima dos meus pacientes também”, conta.

Benefícios da alegria 

Pelos corredores do Hospital, o riso era inevitável e nas enfermarias, a alegria era contagiante. Na pediatria, a dona de casa Gladys Alves, de 22 anos, que está com a sua filha de dois anos internada com anemia, diz que a visita a surpreendeu. “Achei divertido, todas as crianças davam gargalhadas”. Na ortopedia, a aposentada Aniceia de Sales Barros, 67 anos, que está com o pé quebrado, disse que gostou demais da visita grupos de palhaços. “Eles me beijaram e me abraçaram tanto, eles transformaram o meu dia de tanta felicidade”.

É o mesmo que diz a paciente da Clínica Médica, a também aposentada Maria Palácios, de 73 anos, internada devido a problemas de diabetes e pneumonia. Segundo ela, o Hospital precisa dessas visitas sempre, pois são pessoas com sorrisos iluminados que confortam com alegria um pouco do sofrimento de todos.

A visita do grupo Drs. Paysonrisas é uma forma de fortalecer os laços de amizade e trabalho na saúde entre os dois países. Uma organização sem fins lucrativos, cuja missão é transmitir alegria e esperança às pessoas. “Visitar os hospitais de Pedro Juan Caballero foi muito bom, mas ter a oportunidade de visitar e conhecer um hospital brasileiro foi demais. Ficamos e estamos encantados e felizes pela oportunidade de interagir com todos: voluntários, médicos, enfermeiros, técnicos e, principalmente, com nosso público alvo, os pacientes”, destaca a coordenadora da organização e estudante de medicina no Paraguai, a brasileira Gabriela Bampy Paixão.
 

Banner Whatsapp Desktop