03 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
BANCOS DE LEITE DO CÂNDIDO MARIANO E HU PRECISAM DE DOAÇÕES

Bancos de leite do HU e Cândido Mariano estão precisando de doações de leite materno

O motivo principal é a insegurança sentida por muitas lactantes em relação à infecção viral

22 fevereiro 2021 - 17h30Da Redação
Segundo a nutricionista responsável pelo BLH da Maternidade Cândido Mariano, Vanessa Torres, todos os meses são distribuídos mais de 6 mil mililitros durante os atendimentos no hospital
Segundo a nutricionista responsável pelo BLH da Maternidade Cândido Mariano, Vanessa Torres, todos os meses são distribuídos mais de 6 mil mililitros durante os atendimentos no hospital - (Foto: Divulgação)

Com a chegada da pandemia da Covid-19 o Banco de Leite Humano (BLH) da Maternidade Cândido Mariano caiu cerca de 100% nos meses de dezembro de 2020 e janeiro de 2021. E o motivo principal é a insegurança sentida por muitas lactantes em relação à infecção viral.
 
Segundo a nutricionista responsável pelo BLH da Maternidade Cândido Mariano, Vanessa Torres, todos os meses são distribuídos mais de 6 mil mililitros durante os atendimentos no hospital. “O ideal seria trabalharmos com 90 litros por mês para atender todos os bebês, mas a quantia que temos disponível não chega nem perto dessa medida”, explica.
 
“Sem a pandemia, já é esperado que em dezembro e janeiro as doações caiam para 15 litros por mês, por conta das viagens em família e férias escolares. Agora, devido à covid-19, essa oferta diminuiu ainda mais. Por isso a doação é importante, independentemente do coronavírus, os prematuros continuam nascendo e precisam do alimento”, afirma a profissional.
 
De acordo com a nutricionista, a doação de leite humano é segura porque o processo de pasteurização inativa o coronavírus. “Os  procedimentos realizados pela equipe do hospital e a rotina no nosso banco de leite estão de acordo com as normas do Ministério da Saúde para prevenir a infecção e a propagação do vírus”, ressalta Vanessa Torres.
 
O principal benefício da doação de leite humano é salvar as vidas dos recém-nascidos que precisam do alimento, porém, a doação beneficia também a mulher, que por consequência acaba produzindo mais leite, reduzindo o risco de câncer de mama, de ovários, evita a osteoporose e apresenta menos sangramento, de acordo com especialistas.

No Banco de Leite do Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (Humap-UFMS) a situação é semelhante. A maternidade do hospital está precisando urgente de doações de leite materno. A previsão é de que o estoque do Banco de Leite dure por pouco dias.

As mães que quiserem doar podem ligar no telefone 3345-3027 ou enviar mensagem pelo WhatsApp (67) 99154-2730 que uma equipe do Humap agenda a retirada. Também é possível comparecer no Banco de Leite e fazer a extração diretamente no local, procedimento que dura, em média, 15 minutos. 

O Banco de Leite Humano da Maternidade Cândido Mariano possui toda a estrutura necessária para receber a lactante. E para reduzir a circulação e aglomeração de pessoas, os atendimentos podem ser agendados. Existe também a opção de coleta domiciliar, que contempla todos os bairros da Capital, em que o voluntário faz o serviço de pegar o leite, com vidros esterilizados, na casa da doadora. Mais informações pelo contato (67) 3041-4735.

Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE