30 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
PMCG
LEGISLATIVO ESTADUAL

Resolução cria medalha para homenagear profissionais da Segurança Pública

A Mesa Diretora da ALEMS publicou no Diário Oficial da Casa de Leis, a Resolução 02/20, que cria e concede a medalha Licínio Moreira de Almeida.

6 maio 2020 - 14h13Osvaldo Júnior
Deputado Paulo Corrêa é autor de resolução, que cria medalha em homenagem a profissionais da Segurança Pública
Deputado Paulo Corrêa é autor de resolução, que cria medalha em homenagem a profissionais da Segurança Pública - (Foto: Divulgação)
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) publicou, na edição desta quarta-feira (6) do Diário Oficial da Casa de Leis, a Resolução 02/20, que cria e concede a medalha Licínio Moreira de Almeida. A honraria é destinada a homenagear profissionais da Segurança Pública, que tenham prestados serviços de relevância ao Estado.

A Resolução 02/20 se origina de projeto de autoria do deputado Paulo Corrêa (PSDB). “A Segurança Pública é um dos pontos mais sensíveis das necessidades sociais, indicando que os profissionais que militam nessa área, ou aqueles que em torno dela gravitam para prestar colaboração com as instituições e profissionais desse setor, devem ser enaltecidos a cada instante”, afirma o parlamentar na justificativa da proposta. “É imperioso o desenvolvimento de uma cultura de reconhecimento e valorização social daqueles que, cotidianamente, prestam relevantes serviços ao corpo social, através da dedicação voltada para a defesa social”, acrescenta.

A honraria será concedida, conforme a Resolução, a delegados, investigadores e outros policiais e profissionais da Segurança Pública, que atuaram no confronto armado ocorrido em Coronel Sapucaia, na fronteira com o Paraguai, no dia 4 de dezembro. O confronto foi com membros de uma quadrilha, que dois antes, tentaram assaltar um carro-forte.

Licínio Moreira de Almeida, que dá nome à medalha, foi policial civil, nomeado, em 1969 como comissário de polícia. Participou de importantes investigações em Mato Grosso do Sul. Também atuou em diversas delegacias e foi vereador em Campo Grande, de 1989 a 1992. Licínio morreu em 31 de julho de 2014, aos 67 anos, em decorrência de problemas cardíacos.

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
TJ MS INTERNO
pmcg ms
TJ MS