31 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Campanha Bonito Seguro - Fase 2
Política

Pela quinta vez, Delcídio é um dos “cabeças do congresso nacional”

Divulgação
Fort  Atacadista - 21 ANOS

  Um estudo divulgado esta semana pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar inclui o senador Delcídio do Amaral(PT/MS) entre os 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional em 2009.

  Para definir a relação, na qual o senador sul-mato-grossense figura pelo quinto ano consecutivo, o DIAP leva em conta critérios qualitativos e quantitativos que incluem aspectos institucionais, a reputação e o poder de cada parlamentar influenciar nas decisões do Senado e da Câmara.

  Delcídio é o único representante da bancada de Mato Grosso do Sul a fazer parte da lista de 29 senadores e 71 deputados federais conhecida em Brasília como a dos “cabeças” do Congresso.

  Os “cabeças” do Congresso Nacional são, na definição do DIAP, os parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais pela capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações, seja pelo saber, o senso de oportunidade, a eficiência na leitura da realidade, e, principalmente, pela facilidade de conceber idéias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate, liderando sua repercussão e a tomada de decisão.

  Ou seja, é o parlamentar capaz de exercer real influência no processo decisório e sobre os atores nele envolvidos. O Diap foi criado há 16 anos e reúne 900 sindicatos, confederações e centrais sindicais que acompanham de perto o trabalho dos três poderes, especialmente o Legislativo.

  “É uma honra muito grande ser incluído na lista do Diap, entidade reconhecida nacionalmente por sua isenção, ética e credibilidade”, avalia Delcídio. “Isso aumenta minha responsabilidade como liderança no Congresso e me anima a trabalhar ainda mais por MS e pelo Brasil”, afirma.

  Para chegar aos nomes dos 100 parlamentares que anualmente compõem a lista, em um universo de 513 deputados federais e 81 senadores, a equipe do DIAP entrevista jornalistas, cientistas e analistas políticos, e promove, em relação a cada parlamentar, o exame cuidadoso das atividades profissionais, dos vínculos com empresas ou organizações econômicas ou de classe, da formação e vida acadêmica, além de levantamentos minuciosos de pronunciamentos, apresentação de proposições, resultados de votações, intervenções nos debates do Legislativo, freqüência com que é citado na imprensa, temas preferenciais, cargos públicos exercidos dentro e fora do Congresso e relatorias de matérias relevantes.

  O saber, o equilíbrio, a prudência, a credibilidade e a respeitabilidade, ao lado da experiência, são atributos que credenciam um parlamentar perante seus pares e abrem caminho para influenciar no processo decisório, inclusive na definição da agenda.

  Segundo o Diap, não basta o deputado ou senador ser líder partidário, presidente de comissão, relator de matéria importante, presidir partido político, estar sempre na mídia ou ter arroubos de valentia, para ser classificado como “cabeça”.

  Infraestrutura - Esse ano, a relação do Diap aponta Delcídio também como parlamentar referência do Congresso na área de infraestrutura. O senador é o vice-presidente da Comissão de Infraestrutura do Senado. “A experiência adquirida em dezenas de anos da vida profissional como engenheiro e dirigente de empresas públicas e privadas, nacionais e internacionais, nas áreas de mineração e energia, com certeza, contribuem para isso.

  Já trabalhei em todas as regiões do Brasil e em algumas cidades do exterior, convivendo com operários da construção civil, técnicos das mais variadas especialidades, especialistas em petróleo, gás natural, minérios, eletricidade, dirigentes do setor público e das maiores estatais brasileiras, além de empresas do porte da Shell e da Vale ”, avalia o senador.

Banner Whatsapp Desktop
ALMS
TCE - Devolução Auxílio Emergencial