22 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
maracaju covid
DIA DA MULHER

Partido Solidaredade diz que 'Mulheres avançam rápido na conquista de novos espaços'

Apesar de ainda existir desigualdade, a secretária da Mulher do Partido Solidariedade em Mato Grosso do Sul Selma Pieri diz que 'as mulheres têm avançado cada vez mais na conquista de seus direitos na sociedade'

7 março 2016 - 11h30Da redação com informações da assessoria
Selma Pieri, secretária da Mulher do Solidariedade.
Selma Pieri, secretária da Mulher do Solidariedade. - Assessoria

Apesar as resistências que ainda encontram principalmente no mercado de trabalho, onde os homens continuam ganhando mais, as mulheres têm avançado cada vez mais na conquista de seus direitos na sociedade.

“E isso se deve ao esforço que elas têm desempenhado em todas as áreas, mostrando garra, perseverança e competência para exercer qualquer atividade”, afirma Selma Pieri, secretária da Mulher, do Partido Solidariedade em Mato Grosso do Sul.

“Mas qualquer desigualdade que ainda exista, será superada a curtíssimo prazo, pois as mulheres estão demonstrando que são competidíssimas para exercer mesmo cargos que antes eram atribuídas exclusivamente aos homens”, afirma Selma Pieri, que lança essa reflexão, do Solidariedade MS na véspera do Dia Internacional da Mulher.

O Dia da Mulher, 8 de março, é comemorado desde o início do século XX. A data tem origem nas manifestações femininas por melhores condições sociais, como trabalho digno, salário justo e direito ao voto.

O primeiro Dia Internacional da Mulher foi celebrado em 28 de fevereiro de 1909, nos Estados Unidos, por iniciativa do Partido Socialista da América. No início era comemorado principalmente na Europa e nos Estados Unidos. Na segunda metade dos anos 70, foi adotado pelas Nações Unidas (organização internacional que tem por objetivo facilitar a cooperação entre os países).

“O objetivo dessa data é, de um lado, lembrar as conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres. De outro, refletir sobre as discriminações e a violência a que muitas mulheres ainda estão sujeitas em todo o mundo”, afirma Selma Pieri, secretária da Mulher, do Solidariedade MS.

O presidente regional do partido, Idelmar da Mota Lima e presidente da Força Sindical Regional MS, também reconhece os avanços e conquistas das mulheres brasileiras, principalmente nos últimos anos, em todas as áreas. “Hoje podemos constatar que as mulheres são maioria na maioria das faculdades brasileiras. Elas têm garra para buscar conhecimento e estão indo à luta em busca do aprendizado. Do Aperfeiçoamento e profissionalização”, comentou.

Adauto Cândido de Almeida, membro do diretório regional do Solidariedade também confirma os avanços e conquistas das mulheres brasileiras inclusive no mercado de trabalho. “Até na construção civil, que antes era restrito aos homens esse mercado de trabalho, elas entraram e mostraram competência e habilidade na execução dos serviços”, afirma.

O Solidariedade MS parabeniza as mulheres sul-mato-grossenses pela passagem do Dia Internacional da Mulher e as conclama para ingressar em todas as áreas com garra e determinação. “Na política elas precisam avançar mais e lutar para conquistar cargos eletivos e ajudar no desenvolvimento das cidades, do Estado e do País”, conclama Idelmar da Mota Lima.

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você apoia o retorno do ensino presencial em escolas públicas ainda no ano de 2020?

Votar
Resultados
TJ MS INTERNO
pmcg ms
TJ MS