20 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
maracaju covid
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Parlamento Jovem toma posse em 5ª edição na Assembleia Legislativa

Os deputados estudantes eleitos para a 5ª edição tomam posse durante a tarde desta segunda-feira (22), na Assembleia Legislativa

22 fevereiro 2016 - 17h45Da redação

Os deputados estudantes eleitos para a 5ª edição tomam posse durante a tarde desta segunda-feira (22), na Assembleia Legislativa. Pela manhã foram diplomados no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) e agora assumem oficialmente o cargo até dia 22 de fevereiro de 2017.

A sessão de posse foi inicialmente comandada pela deputada Mara Caseiro (PMB), representando o presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi (PMBD). Após a abertura, Mara deu espaço para que Brenda Gomes Dourado assumisse a cadeira de presidente do Parlamento Jovem. Ela foi eleita para compor a Mesa Diretora acompanhada do deputado estudante Valdomiro Rodrigues dos Santos Neto, como 1º secretário.

“Pela primeira vez temos uma mulher como presidente e isso é motivo de muito orgulho e que demonstra a mudança na sociedade, sem discriminação e com a seriedade que precisa. Que todos tenham muito sucesso”, destacou a deputada Mara Caseiro.

Para Brenda Dourado foi uma surpresa ser eleita presidente do Parlamento Jovem. “Eu não esperava, mas fiquei muito feliz e entendi como um privilégio e como uma responsabilidade grande. Podem confiar que darei o meu melhor. São projetos como este que fazem a diferença e os jovens na política podem fazer sim essa diferença”, explicou a deputada estudante, de 17 anos, aluna da Escola Estadual Arlindo de Andrade Gomes.  

O Parlamento Jovem é desenvolvido pela Escola do Legislativo Senador Ramez Tebet com parcerias da Secretaria Estadual de Educação e do TRE-MS e objetiva a participação do estudante de Ensino Médio, por meio da conscientização política. Os deputados estudantes se reúnem em sessões ordinárias e apresentam projetos, que podem ser apadrinhados pelos deputados estaduais e tornarem-se leis. Nesta edição foram 16 eleitos.

Em discurso, a diretora da Escola do Legislativo, Cheila Vendrami agradeceu a parceria de todos envolvidos no projeto e ressaltou que a mudança na política requer tempo e participação. “É necessário plantar uma semente para isso. A maioria dos jovens estão afastados e isso é triste. A conscientização política é necessária e a mudança só se dá com experiências como essa”, argumentou.

Representando o TRE-MS, o juiz eleitoral Abrão Razuk disse que esse é um projeto importante para que desde cedo o jovem aprenda o respeito às leis e à política. Para a secretária estadual de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta é preciso entender a responsabilidade desse cargo. “Toda ação nossa repercute no outro. Para vocês que agora vão lidar com pessoas as responsabilidades são enormes. Por isso, penso que temos a confiança que vocês farão deste um país diferente”, finalizou.

Também participaram da solenidade os deputados estaduais Professor Rinaldo (PSDB) e Pedro Kemp (PT), a vereadora por Campo Grande Carla Stephanini (PMDB), diretores e professores das escolas participantes do projeto e ex-deputados estudantes.

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você apoia o retorno do ensino presencial em escolas públicas ainda no ano de 2020?

Votar
Resultados
TJ MS INTERNO
TJ MS
pmcg ms