26 de janeiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
senar curso
POLÍTICA

Mara Caseiro diz que doações de campanha foram legais e declaradas ao TRE

Consta que Mara Caseiro recebeu R$ 52 mil em doações para sua campanha eleitoral

23 maio 2017 - 17h37Da Redação
Para Mara Caseiro, o que ocorre é uma movimentação política nos bastidores para que o foco saia dos verdadeiros culpados e que a situação seja invertida
Para Mara Caseiro, o que ocorre é uma movimentação política nos bastidores para que o foco saia dos verdadeiros culpados e que a situação seja invertida - Divulgação
MÊS DA ECONOMIA COMPER

A deputada estadual Mara Caseiro (PSDB) garantiu nesta manhã (23), durante sessão da Assembleia Legislativa, que as doações recebidas em 2014 para sua campanha, via fundo partidário, foram legais e detalhadas ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Conforme delação do empresário Joesley Batista e do diretor de Relações Institucionais do Grupo JBS, Ricardo Saud, à PGR Procuradoria Geral da República), a empresa teria feito doações a candidatos e partidos de várias partes do Brasil, incluindo Mato Grosso do Sul.

Consta que Mara Caseiro recebeu R$ 52 mil em doações para sua campanha eleitoral. Ela esclarece que a verba foi repassada via PMDB, que tinha Nelsinho Trad como candidato ao governo de Mato Grosso do Sul.

"A doação que recebi foi totalmente legal e todos os gastos realizados com ela estão discriminados e detalhados no site do TSE. Se as doações de pessoas jurídicas eram permitidas à época, e se a chapa majoritária recebeu essas doações e passou para seus candidatos a deputado, como foi o nosso caso, não há nada de errado nisso", garantiu. 

Para Mara Caseiro, o que ocorre é uma movimentação política nos bastidores para que o foco saia dos verdadeiros culpados e que a situação seja invertida, deturpando informações e prejudicando quem não tem responsabilidade sobre os fatos.

Ela também destaca que os candidatos que tiveram seus nomes envolvidos não tinham conhecimento da origem da doação recebida via fundo partidário do PMDB.

"Prestei contas de cada centavo que recebi de doação de campanha. Está tudo detalhado no site do TSE. Minhas contas foram aprovadas e não há ilegalidade. Não aceito que sejam feitas especulações inverídicas, que prejudiquem a minha reputação", disparou. 

Banner Whatsapp Desktop
Comper sem sair de casa

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você conseguiu ficar em dia com todas as contas do início do ano?

Votar
Resultados
Comper sem sair de casa
Senar
TJ MS