23 de novembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
SESI - Campanha Protocolo de Atendimento
INFRAESTRUTURA

Chapadão do Sul recebe investimentos de R$ 130 milhões do Governo MS

Pavimentação e restauração dentro e fora da cidade é legado estadual no município

27 outubro 2020 - 07h40
Chapadão do Sul
Chapadão do Sul - (Foto: Saul Schramm)
Fort Atacadista Natal

Já está em 50% a restauração funcional do pavimento e recapeamento de diversas ruas feita por meio de um convênio da administração estadual com a prefeitura de Chapadão do Sul, no valor de R$ 3,025 milhões.

Apesar de serem de responsabilidade municipal, o Governo de Mato Grosso do Sul tem entregue pavimentação e recapeamento de ruas e avenidas em diversos municípios, atendendo a pedido da população por meio dos prefeitos e vereadores.

Dos R$ 129,642 milhões investidos pelo Estado em Chapadão do Sul, mais de R$ 80 milhões foram ou estão sendo aplicados em obras de infraestrutura como a implantação e pavimentação dos 23,08 quilômetros da rodovia MS-320, no trecho MS-316 - Pouso Alto - MS-377, concluída em 2015, e a pavimentação da MS-425, em 2016.

Dentro da área urbana, são destaques a pavimentação e drenagem de diversas ruas do Parque União, entregues no ano passado; e as construções dos prédios do Centro de Educação Profissional e da Delegacia de Polícia Civil, em 2016.

Entre as obras em execução, vale destacar as 96 unidades habitacionais no Residencial Planalto 1, do Programa Minha Casa Minha Vida, que devem ficar prontas em dezembro de 2020. O investimento é de R$ 8,242 milhões, sendo R$ 1,584 milhão do Estado. Com as duas casas e os 16 lotes urbanos entregues em 2016 serão 114 moradias garantidas no município.

Isso tudo sem falar nos mais de R$ 18,7 milhões em obras concluídas, em execução e a executar nos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário e nos R$ 3,3 milhões em segurança pública, inclusive com a entrega de 14 viaturas.

O governador Reinaldo Azambuja afirmou que os investimentos são frutos de um trabalho que envolveu medidas duras e até impopulares. “Optamos por fazer um governo responsável, diminuímos o tamanho da máquina pública, reduzindo os gastos com o próprio governo para investir no bem estar da população, fizemos as reformas e enfrentamos crises sem deixar de honrar nossos compromissos. Isso nos permitiu manter os investimentos nas obras prioritárias e lançar o Governo Presente, que até o fim de 2022 vai injetar mais R$ 4,2 bilhões nos municípios”, disse.

Banner Whatsapp Desktop
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia