28 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
sebrae revolution2
PSDB MS

Governo tucano de MS oficializa consórcio para beneficiar 20 milhões de brasileiros

Mato Grosso do Sul e cinco estados que integram o bloco Brasil Central, compõe oficialmente a criação do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central.

11 novembro 2015 - 13h09Da redação com informações da assessoria
Lei que autoriza o ingresso de Mato Grosso do Sul com o aporte de R$ 1,9 milhão foi aprovada pela Assembleia Legislativa e publicada em Diário Oficial nesta segunda-feira (9). Ao todo serão investidos pelos estados R$ 11,4 milhões por ano que vão benefici
Lei que autoriza o ingresso de Mato Grosso do Sul com o aporte de R$ 1,9 milhão foi aprovada pela Assembleia Legislativa e publicada em Diário Oficial nesta segunda-feira (9). Ao todo serão investidos pelos estados R$ 11,4 milhões por ano que vão benefici - Divulgação

A gestão tucana de Mato Grosso do Sul e de outros cinco estados  que integram o bloco Brasil Central - Tocantins, Goiás, Mato Grosso, Rondônia e Distrito Federal  - compõe oficialmente a criação do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central. Ao todo serão investidos pelos estados R$ 11,4 milhões por ano que vão beneficiar mais de 20 milhões de habitantes da região.

A Lei que autoriza o ingresso de Mato Grosso do Sul com o aporte de R$ 1,9 milhão foi aprovada pela Assembleia Legislativa e publicada em Diário Oficial nesta segunda-feira (9). A sede do consórcio será em Brasília (DF).

“O objetivo do bloco é estabelecer programas comuns e ter uma pauta de ações conjuntas e efetivas em todos os estados. Nosso grupo vai trabalhar os gargalos e as potencialidades. Esse encontro reúne grandes estados exportadores e vamos criar uma lógica no desenvolvimento com programas comuns para atender a todos com pautas positivas”, frisou Reinaldo Azambuja.

Entre os principais pontos de fomento foram elencados investimentos para toda a região focados em melhoria nas áreas de logística, infraestrutura, transporte, propostas inovadoras para a educação, agricultura com destaque para a agricultura familiar, ciência, tecnologia e inovação.

Números

Números do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que o IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano dos Municípios) do Brasil Central  (0,739) é superior à media nacional (0,727). O PIB Per Capita (Produto Interno Bruno por indivíduo) também é 23,32% superior ao restante do país.

Com uma área de mais de 2 milhões de km², ou 25% do território nacional, o Brasil Central responde por quase 12% (11,27%) da riqueza gerada no país. Além de ser responsável por 50% da produção de grãos de todo o Brasil e 42% do rebanho bovino nacional. Números como estes, somados à gargalos de logísticas e déficits de infraestrutura comuns aos seis Estados, fazem do Consórcio de Desenvolvimento do Brasil Central um instrumento inovador  e revolucionário em benefício não apenas dos Estados que o compõem, mas de todo o país.
 

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
TJ MS INTERNO
TJ MS
pmcg ms