26 de fevereiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
SOB SUSPEITA

Delatores revelam a Lava Jato pagamento de R$300 mil a Lulinha

Descoberta é dos procuradores do MPF que atuam na Lava Jato

2 junho 2016 - 08h30Da redação com informações de Cláudio Humberto
Gamecorp, empresa do filho mais velho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Fábio Luiz (o Lulinha), teria recebido R$300 mil
Gamecorp, empresa do filho mais velho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Fábio Luiz (o Lulinha), teria recebido R$300 mil - Reprodução

Responsáveis pela abertura de offshores do Grupo Caoa, os delatores da Operação Lava Jato Roberto Trombeta e Rodrigo Morales confessaram aos procuradores da República que, em 2012, a montadora pagou R$ 300 mil para a Gamecorp, empresa do filho mais velho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Fábio Luiz, o Lulinha.

Os delatores informaram também que o dinheiro foi pago a Lulinha mesmo sem comprovação de “execução de serviços, contratos e/ou relatórios que acompanhassem tais pagamentos”.

“Indagados sobre outros pagamentos igualmente questionáveis, esclarecem que, como contadores de todas as empresas do Grupo Caoa contabilizaram pagamentos à empresa Gamecorp S/A em 2012, no valor de R$ 300 mil neste ano”, declararam os delatores da Lava Jato, em depoimento no dia 29 de abril.

Os pagamentos foram feitos, segundo os delatores, “através de notas fiscais enviadas pelo departamento financeiro”. “No entanto, ausentes comprovantes de execução de serviços, contratos e/ou relatórios que acompanhassem tais pagamentos”. Investigadores da Procuradoria da República vão buscar a comprovação dos serviços e apurar se o negócio ocultou repasses.

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS
Banner TCE