05 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Política

Cuba inaugura porto financiado pelo Brasil

27 janeiro 2014 - 14h36
Cassems

O presidente de Cuba, Raúl Castro, inaugurou nesta segunda-feira (27), ao lado da Presidente brasileira, Dilma Rousseff, a primeira fase do Porto de Mariel, construído com financiamento brasileiro, e que promete aumentar o comércio exterior da ilha.

"Esse terminal será a principal porta de entrada e saída do comércio exterior cubano e a sua localização geográfica propiciará que se consolide sua posição como uma plataforma regional” para as Caraíbas, afirmou o líder cubano.

A segunda fase da obra envolve a conclusão de uma rede ferroviária que ajudará a escoar os produtos até o terminal. Segundo Castro, o Governo dará início agora uma nova etapa de "fomento às exportações para o estrangeiro" e de atração de empresas de alta tecnologia para a zona.

O projeto de modernização do porto de Mariel e da logística em redor envolveram investimentos em torno de 957 milhões de dólares (700 milhões de euros), dos quais 682 milhões (498 milhões de euros) foram financiados pelo Brasil.

O apoio brasileiro foi feito através do Banco do Desenvolvimento Económico e Social (BNDES) e funcionou, na prática, como um financiamento à exportação de produtos brasileiros, uma vez que a maior parte dos bens e serviços utilizados nas obras foram adquiridos do Brasil.

O porto será administrado por uma das maiores empresas portuárias do mundo, que atualmente administra o terminal de Singapura. A intenção do governo cubano é atrair investidores e empresas estrangeiros com uma política de redução de tarifas e impostos.

No seu discurso, Dilma Rousseff adiantou que várias empresas brasileiras já demonstraram interesse em investir na zona de desenvolvimento de Mariel e destacou o potencial portuário da ilha."Mesmo sendo submetida ao injusto bloqueio económico, Cuba já possui um dos três maiores portos do Caribe", ressaltou.

Dilma Rousseff chegou neste domingo a Cuba, onde participará na cimeira da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC).

Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE