03 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Polícia

Suspeito de matar ex a pedradas em Campo Grande está preso

15 janeiro 2014 - 09h41
Pedras que foram usadas na morte
Pedras que foram usadas na morte - Nadyenka Castro
O suspeito de matar a ex-mulher a pedradas foi preso durante a tarde de terça-feira (14), na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, em Campo Grande. Segundo informações da advogada dele, Raquel Zandonara, seu cliente apresentou-se em função de mandado de prisão expedido contra ele.
 
Na segunda-feira, o homem chegou a ser detido pela Polícia Militar e levado à delegacia, onde prestou depoimento e foi liberado depois de indiciado pelo crime, ocorrido no dia 31 de dezembro. A delegada responsável pelo caso, Rosely Molina, disse na ocasião que o suspeito alega que não teve intenção de matar a vítima.
 
Na versão do suspeito, ele conta que tomou bebida alcoólica com a vítima por 8h. Por volta da 1h ela o mandou embora do local. Ele não quis sair da casa, ela feriu a mão dele com uma faca, e então ele a apedrejou.
 
Três testemunhas já foram ouvidas, entre elas um adolescente de 13 anos, filho da vítima, que viu o crime. Essas pessoas mostraram à polícia as pedras que teriam sido usadas pelo suspeito. O material foi apreendido.
 
Segundo o registro do caso, o suspeito é usuário de drogas e sempre procurava a ex para pedir dinheiro. No final do ano, a mulher ganhou R$ 50 para comprar presentes para os filhos e o homem ficou sabendo.
 
No boletim de ocorrência consta que o jovem ficou irritado quando a ex-companheira disse que já tinha usado o valor e começou a atirar pedras nela. A vítima foi atingida no braço e no abdômen e não chegou a fazer boletim de ocorrência. Ela então começou a passar mal, foi internada, mas não resistiu aos ferimentos.
Banner Whatsapp Desktop

Deixe seu Comentário

Veja Também

Mais Lidas

Banner TCE