24 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Polícia

Polícia Civil resgata história com reforma de fusca, primeira viatura de Costa Rica

29 dezembro 2009 - 14h35
A primeira viatura de Costa Rica, um fusca 1300, ano 1984.
Fort  Atacadista - 21 ANOS

   A intimidade com o meio policial é tão grande que o fusca ganhou até apelidos: corinthiano e vasquinho. “Queremos que o fusca seja a primeira peça do futuro Museu da Polícia Civil, projeto que pretendemos apresentar ao governo do Estado”, afirmou o diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), delegado Marcelo Vargas, um dos idealizadores do museu.

  De acordo com ele, o fusca estava no pátio da Delegacia de Paranaíba. Após a reforma, o veículo ficou totalmente recuperado, com motor em pleno funcionamento. “Tudo continua original e em funcionamento, inclusive a sirene e o radiotransmissor da polícia”, conta Marcelo.

  O diretor do DPI explica que o fusca vai ficar no saguão de entrada da Diretoria Geral da Polícia Civil (DGPC), no Parque dos Poderes. Em eventos cívicos da Polícia Civil e entrega de viaturas, o veículo reformado terá lugar de destaque nas apresentações. 

  A reforma do fusca, conforme Marcelo, é apenas o início de um projeto maior, que é a criação de um museu da Polícia Civil. “Temos máquinas de escrever e telefones antigos, que pretendemos mostrar no museu. A idéia também é expor os crimes de maior repercussão e comoção popular do Estado. Temos também um veículo veraneio, que foi uma viatura usada pela polícia na época da divisão do Estado, em 1977”, lembra.

  Segundo o delegado, a intenção é que o museu funcione no prédio da Academia de Polícia Civil (Acadepol). “É uma forma de resgatar um pouco da história da instituição no Estado e de mostrar também o nosso trabalho para a população”, finaliza.

 

Banner Whatsapp Desktop
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Annelies