03 de dezembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
SESI - Campanha Industria Geração de Empregos 3
MAUS TRATOS

Homem que mantinha cachorro em situação de maus-tratos é liberado após pagar fiança

Polícia Civil identifica e autua em flagrante suspeito de maus tratos a cachorro em pesqueiro

22 outubro 2020 - 16h40Da Redação
O animal e era mantido preso amarrado à beira de mata ciliar há pelo menos oito meses, como forma de alertar quanto à aproximação indesejada através da mata de eventuais criminosos
O animal e era mantido preso amarrado à beira de mata ciliar há pelo menos oito meses, como forma de alertar quanto à aproximação indesejada através da mata de eventuais criminosos - (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Fort Atacadista Natal

Foi identificado o homem suspeito de maus tratos a um cachorro na Chácara Água Bonita - Pesqueiro Bom Jesus próximo do bairro Tarsila do Amaral em Campo Grande.

O suspeito, 62, mantinha um cachorro de porte grande, cor preta, sem raça definida, com aproximadamente três anos de idade, amarrado em uma corrente envolta diretamente no seu pescoço, sem comida e água potável.

O animal e era mantido preso amarrado à beira de mata ciliar há pelo menos oito meses, como forma de alertar quanto à aproximação indesejada através da mata de eventuais criminosos. 

Diante dos indícios de autoria e materialidade, o suspeito recebeu voz de prisão e foi conduzido à sede da Decat e autuado em flagrante delito por infração à norma do artigo 32, § 1º-A da Lei 9.605/98, cuja pena prevista é de 2 a 5 anos de reclusão. Ele foi liberado após pagar uma fiança de R$ 1.045 mil.

Banner Whatsapp Desktop
Natal Comper

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

O que você pretende fazer com o 13º salário?

Votar
Resultados
Comper sem sair de casa
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia
PREF DE MJU