05 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Polícia

Homem diz ter sido sequestrado e mantido refém por 24h

25 janeiro 2014 - 09h05
Cassems
Um barman de 30 anos foi vítima de sequestro relâmpago no início da tarde de quinta-feira em Campo Grande. Ele contou à Polícia Civil que ficou quase 24h no porta-malas do próprio carro e que os bandidos fizeram assaltos usando o veículo dele. Até a publicação desta reportagem, nenhum suspeito havia sido localizado.
 
De acordo com o delegado Weber Luciano de Medeiros, que assina o boletim de ocorrência do caso, registrado na 2ª Delegacia de Polícia Civil, o crime deve ser investigado pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras).
 
Conforme o registro policial, a vítima foi rendida por dois rapazes armados às 13h50 quando dirigia pela Rua Tiradentes, em direção ao restaurante onde trabalha. Ele disse à polícia que foi colocado no porta-malas e lá ficou até por volta das 12h de sexta-feira.
 
 
 
Segundo declarações do trabalhador à polícia, ele ouvia os bandidos combinando locais para assaltar e também dizendo que iriam matá-lo.
 
A vítima disse ainda que outras três pessoas entraram no carro dele, entre elas uma mulher. O barman conta ter percebido que os assaltos foram feitos em um posto de combustíveis, conveniência e a pedestres. Os suspeitos, segundo ele, aparentavam estar usando drogas.
 
O rapaz foi deixado junto com o veículo no Bairro Nova Lima. Um dos envolvidos no sequestro disse a ele que estavam indo embora e ele conseguiu sair, após forçar o tampão do porta-malas.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE