05 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
agecom
POLÍCIA

Empresário de Campo Grande é multado em R$ 5 mil por degradação de área protegida do rio Aquidauana

Polícia Militar Ambiental de Aquidauana autua empresário campo-grandense em R$ 5 mil por degradação de área protegida à margem do rio Aquidauana em sua chácara

2 agosto 2020 - 10h26Da redação
Rampa para descida de barco no rio Aquidauana.
Rampa para descida de barco no rio Aquidauana. - (Foto: Ednilson Paulino Queiroz/PMA/Divulgação)
HVM

Homem de 58 anos, empresário de Campo Grande, foi autuado e multado na tarde deste último sábado (01), por degradação de área protegida permanente à margem do rio Aquidauana, munícipio que fica a 131 quilômetros de Campo Grande,

Segundo a ocorrência, uma equipe da Polícia Militar Ambiental (PMA), realizava fiscalização ambiental no rio Aquidauana e verificaram uma escavação na mata ciliar do rio, com degradação da área protegida por lei, em uma chácara localizada a 20 km do centro da cidade. Em análise no local, a PMA verificou que a cavidade tinha 10 metros de comprimento, três metros de largura e um metro de altura e que foi realizada para constituir uma rampa para descida de embarcação.


Solo da escavação já caindo ao rio Aquidauana

Os policiais diagnosticaram que a intervenção causou danos à margem do rio e não houve cuidado com a conservação do solo, ficando a terra removida na margem do rio e que facilmente cairá no curso d’água, causando assoreamento. A obra foi realizada sem o licenciamento ambiental junto ao órgão ambiental e foi interditada.

O infrator foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 5mil. Ele também responderá por crime ambiental, cuja pena prevista é de um a três anos de detenção. O autuado também foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental.

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Auxilio Emergencial  (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você vai fazer compras de Dia dos Pais neste ano?

Votar
Resultados
GAL COSTA
Cornavirus
agecom - fullbanner