28 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Campanha Bonito Seguro - Fase 2
EM TERENOS

Empresa de piscina que funcionava sem licença ambiental é interditada e proprietário terá que pagar R$ 5 mil de multa

Os policiais chegaram no local após receberam denúncias e reclamação de moradores sobre odores ruins emitidos a partir de um barracão de uma fábrica local

19 setembro 2020 - 08h10Da Redação
A fábrica foi interditada
A fábrica foi interditada - (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Fort  Atacadista - 21 ANOS

Um empresário, 45, foi autuado em R$ 5 mil na manhã de ontem (18), após a Polícia Militar (PM) de Campo Grande descobrir uma fábrica de piscinas que funcionava sem autorização ambiental. A fábrica funcionava no bairro Indubrasil, próximo de Terenos.

Os policiais chegaram no local após receberam denúncias e reclamação de moradores sobre odores ruins emitidos a partir de um barracão de uma fábrica local.

Ao chegaram no local, verificaram que se tratava de uma fábrica de caixas d’água e piscinas de fibra e que os odores ruins vinham do processamento do material durante a fabricação das caixas e que não eram gerados efluentes líquidos, porém, a empresa não tinha a licença ambiental para a atividade.

A fábrica foi interditada. O empresário foi conduzido à delegacia de Polícia Civil daquela cidade e responderá por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem autorização ambiental, com pena de três a seis meses de detenção.

Banner Whatsapp Desktop
MS Digital
TCE - Devolução Auxílio Emergencial