01 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Polícia

Apreendido no DF uma tonelada de maconha que saiu de Campo Grande

21 dezembro 2013 - 13h38
Peso da droga quebrou o eixo do carro
Peso da droga quebrou o eixo do carro - Carlos Vieira
Cerca de uma tonelada de maconha foi apreendida pela Polícia Civil do Distrito Federal na BR-060, neste sábado (21), durante a Operação Hipócratis, feita pela Coordenação de Repressão às Drogas em conjunto com a Divisão de Operações Especiais. É a maior apreensão da droga no DF neste ano.
 
Na ação, o médico Edipo André Lolli Chetti, de 25 anos, foi preso suspeito de ser o comprador do entorpecente. Uma arma foi apreendida na casa dele, no Jardim Ingá, cidade do entorno do Distrito Federal. Francisco Chagas Mendes de Souza, de 33, também foi preso, na Cidade Ocidental, suspeito de integrar o esquema criminoso.
 
A droga vinha de Campo Grande e seria distribuída no Gama e em regiões do entorno. A caminhonete que trazia o carregamento foi encontrada pelos policiais na altura da cidade goiana de Guapó, mas sem nenhum ocupante. Com o peso da droga, o eixo do carro quebrou e a suspeita é de que o motorista tenha fugido.
 
O homem preso, que é natural de Mato Grosso do Sul, é suspeito de ter pago pela mercadoria e seria ele o responsável pela venda da droga. Ao ser encontrado pela polícia na residência, ele alegou ser médico, formado no Paraguai, e candidato ao programa do Governo Federal Mais Médicos. Com ele foi apreendida uma pistola 9 mm e farta munição. O outro preso foi encontrado com uma pistola .380.
 
O nome da operação, Hipócratis, faz menção ao juramento feito pelos médicos na formatura.
Banner Whatsapp Desktop

Deixe seu Comentário

Veja Também

Mais Lidas

Banner TCE