05 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Saúde

União irá anunciar quarta fase do Mais Médicos

8 janeiro 2014 - 10h12
Cassems
Somadas as inscrições de brasileiros e estrangeiros, a terceira fase do Mais Médicos conseguiu preencher apenas 14% das 6,3 mil vagas tornadas disponíveis pelo Ministério da Saúde. Com a baixa adesão, o governo federal confirmou ontem (7) uma quarta etapa do programa, na qual profissionais formados no Brasil e no exterior terão nova chance de se inscrever. 
 
Ainda, a União pode trazer até cinco mil novos médicos cubanos para cumprir a meta de ter 13 mil profissionais atuando pelo programa até março.
 
No sábado, o Ministério divulgou a lista com os nomes dos 466 médicos intercambistas aprovados no processo. Fazem parte do grupo profissionais estrangeiros ou brasileiros graduados em universidades no exterior. No dia 30 de dezembro, a pasta havia divulgado a relação dos 422 brasileiros cujas inscrições foram aceitas.
 
Somadas as duas modalidades de cadastro, a terceira etapa teve 888 profissionais habilitados pelo ministério, 14% das vagas disponíveis. Como o período de inscrições já foi finalizado, restaria ao governo a importação de pelo menos 5.412 médicos cubanos para conseguir preencher as vagas ociosas.
 
Ontem, porém, o Ministério anunciou que uma quarta etapa de inscrições está confirmada e será anunciada pelo ministro Alexandre Padilha nos próximos dias. Mesmo assim, a pasta não descarta a importação de médicos por meio do convênio com o governo cubano.
 
Disse ainda que, caso o número de 13 mil médicos não seja atingido, o Ministério vai trazer médicos por meio da cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), entidade que faz a regulação da parceria entre os governos brasileiro e cubano. Hoje, 6,6 mil médicos atuam pelo programa em todo o País, dos quais 5,4 mil são profissionais de Cuba.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE