28 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
GERAL

UEMS integra Conselho Gestor Unificado Rio Paraná – Ilha Grande

9 julho 2019 - 16h43
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

CAmpo Grande (MS) – A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) passou a integrar o Conselho Gestor Unificado Rio Paraná – Ilha Grande (CONIRP). A reunião para a instalação do conselho e a posse dos conselheiros foi realizada na última terça-feira (2), no Centro Cultural Vera Schubert, na cidade de Umuarama (PR).

A UEMS, representada pela professora Elaine Antoniassi, da Unidade Universitária de Mundo Novo, ocupará, por dois anos, uma vaga (compartilhada com o IFPR/Umuarama) no setor de ensino e pesquisa do CONIRP.

De acordo com a docente, a participação da UEMS no conselho oportunizará estudos relacionados a preocupações sociais dessa região, bem como pesquisas necessárias para auxiliar na gestão do Parque Nacional de Ilha Grande e da Área de Proteção Ambiental das Ilhas e Várzeas do Rio Paraná.

Durante a reunião, alguns temas socioeconômicos e ambientais foram elencados para a realização de pesquisas, entre eles, o levantamento da biodiversidade, a conversação do solo (assoreamento), conceito e produção em várzeas, conservação de ecossistemas, sustentabilidade e educação ambiental.

CONIRP

O CONIRP é composto por várias instituições representativas da sociedade. Essas instituições estão setorizadas conforme a atuação na bacia do rio Paraná em Órgãos públicos (ambientais e afins), Usuários do Território (agricultura familiar, apicultura, ilhéus, indígena, indústria e comércio, hidroelétrico, mineração, pescadores profissionais, produtores rurais e turismo), Organização Governamental e Instituições de Ensino e Pesquisa.

O objetivo do conselho é garantir a gestão compartilhada, integrada e participativa do Parque Nacional de Ilha Grande e da Área de Proteção Ambiental das Ilhas e Várzeas do Rio Paraná e promover ações que assegurem a proteção da diversidade biológica e cultural, o desenvolvimento socioambiental da comunidade lindeira, o disciplinamento da ocupação e a sustentabilidade dos usos dos recursos naturais para a implantação de diretrizes ambientais nas políticas nacional, estaduais e municipais e no Sistema Nacional de Unidades de Conservação visando atender os Planos de Manejo.

Tatiane Queiroz – Assessoria de Comunicação Social UEMS

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
GAL COSTA
TJ MS
pmcg ms