24 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Justiça

Tribunal Regional do Trabalho dá posse a três novas juízas em MS

As novas Juizas Substituta do Trabalho do TRT24 em cerimônia de posse na sede do Tribunal no último
As novas Juizas Substituta do Trabalho do TRT24 em cerimônia de posse na sede do Tribunal no último - Thiago Lemes
Fort  Atacadista - 21 ANOS

Foram nomeadas na ultimo dia 30, Juízas do Trabalho Substituta do TRT 24 Viviane Silva Borges, Ana Caroline Bento Maciel Freitas e Ana Missiato de Barros Pimentel. A cerimônia aconteceu na Sala de do Tribunal do Trabalho.

Participaram da posse, os desembargadores do TRT 24, da procuradora-chefe da Procuradoria do Trabalho da 24ª Região, Simone Beatriz de Rezende, do Procurador-Geral do Estado, Rafael Coldibelli Francisco, do Comandante da Base Aérea de Campo Grande, Coronel Aviador Reynaldo Pereira Alfarone Júnior, do presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 24ª Região (Amatra 24), Leonardo Ely, demais magistrados, servidores, advogados, familiares das novas juízas. A solenidade contou também com a presença do presidente da Comissão dos Advogados Trabalhistas da OAB, Oclécio Assunção.

A juíza Viviane Borges, natural de Goiânia (GO), foi lotada na circunscrição de Dourados, assim como a juíza Ana Caroline Bento Maciel Freitas, proveniente de Fortaleza (CE). Já a juíza Ana Missiato de Barros Pimentel, natural de Santa Cruz das Palmeiras (SP), ficará lotada na circunscrição de Três Lagoas. 

Leonardo Ely, parabenizou as magistradas e destacou os momentos de dedicação e estudo para o concurso. “Passando a fazer parte da história da Magistratura, competirá a cada uma de vocês proteger este patrimônio moral e a ele agregar suas qualidades pessoais”, enfatizou. 

No fechamento da solenidade, o presidente do TRT 24, desembargador Ricardo Geraldo Monteiro Zandona, lembrou das cerimônias realizadas pela Justiça do Trabalho em Mato Grosso do Sul. “Todos os que aqui chegaram trouxeram consigo o ânimo necessário para ajudar a edificar a nossa história. Hoje são três mulheres que, a partir de agora, deverão converter em obras as palavras ouvidas na escola. São três mulheres que, juízas, deverão buscar asilo na Justiça, na fé, na equidade, no pudor, na continência, um árduo exercício da alma para os que escolhem a magistratura como ofício”, lembra. Além disso, o presidente enfatizou que “a partir deste momento, as senhoras tornam-se órgãos da Justiça do Trabalho e como tal sentirão o peso de envergarem estas vestes estalares, não pela majestade do cargo, mas pela responsabilidade da missão que lhes é atribuída e que lhes será cobrada”. Para o desembargador, o juiz deve ser um trabalhador incessante, pois sua atividade consiste no refletir e debruçar-se sobre as causas para chegar aos julgamentos delas, conhecer, instruir e julgar.

As juízas iniciaram no dia 1º de abril a primeira fase do Curso de Formação Inicial dos Magistrados, promovido pela Escola Superior da Magistratura da 24ª Região. A abertura foi feita pelo desembargador Ricardo Zandona, que abordou sobre o Juiz Substituto e o TRT. 

O curso será realizado nos próximos três meses, sendo os dois primeiros meses ministrados em Campo Grande e o terceiro na Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho (Enamat), no Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília.

oab/ms participa da posse das novas juízas do trabalho
O Presidente da Comissão dos Advogados Trabalhistas do Mato Grosso do Sul, Oclécio Assunção, fez questão de agradecer  o convite do Egrégio Tribunal Regional do Trabalho para participar da Solenidade de Posse das aprovadas no concurso dos Juízes do Trabalho, no qual pela primeira vez os advogados trabalhistas participaram ativamente na comissão julgadora do concurso, juntamente com os magistrados indicados pelo Tribunal. 

Agradeceu ainda o apoio total do presidente da OAB/MS, Dr. Fábio Trad, e a todos os colegas, inclusive ao Dr. Osvaldo Nunes Ribeiro que coordenou competentemente a comissão de exame. Esta participação dos advogados trabalhistas somente ocorreu devido à autonomia que o Presidente da OAB/MS, Fábio Trad tem dado à Comissão dos Advogados Trabalhistas, comenta o advogado Oclécio Assunção assunção durante o discurso.

Saudou ainda as novas Magistradas, aprovadas no último concurso onde concorreram com aproximadamente 900 (novecentos) candidatos. Além disso, o Presidente da Comissão desejou às vitoriosas, sucesso, nesta missão de ordem e felicidades na nova empreitada das mesmas, que será árdua, pois a responsabilidade é enorme e afirmou para as mesmas que um dos pré-requisitos para fazer Justiça é a imparcialidade, colocando a OAB – Seccional de Mato Grosso do Sul - à disposição das novas magistradas da Justiça do Trabalho.

 

Banner Whatsapp Desktop
Annelies
ALMS