19 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
al outubro2
Turismo

Temporada de esqui começa em maio no Brasil

O empreendimento no interior de São Paulo é inspirado em estação de esqui do Japão
O empreendimento no interior de São Paulo é inspirado em estação de esqui do Japão - Divulgaçao
Fort  Atacadista - 21 ANOS

Será o SkiClub, em Pindamonhangaba, que vai ocupar uma área de 3 milhões de m² no pico de Itapeva, a 145 km da capital paulista. Com um investimento de R$ 41 milhões, o empreendimento vai contar com três pistas, quatro teleféricos, lojas e restaurantes, além de um estacionamento para cerca de 4 mil carros.
As pistas, para a prática de esqui e snowboard, terão entre 200 e 250 metros de comprimento e capacidade para receber até 5 mil turistas ao mesmo tempo.
Cinco máquinas vão transformar água em neve artificial. Segundo os organizadores do projeto, serão 20 cm de neve fofa sobre outros 20 cm de gelo, além de uma camada de grama por baixo. As três pistas de esqui vão ter mais de 18 toneladas de neve. 

Lazer de inverno - A ideia dos organizadores é fazer do empreendimento uma opção de lazer na alta temporada de inverno (de maio a agosto) para os turistas que estiverem em cidades da região, principalmente em Campos do Jordão.
Neste período, o ingresso vai custar R$ 300 por dia por pessoa, incluindo o aluguel das roupas e dos equipamentos necessários. “O projeto surgiu por um estudo feito em Campos do Jordão. Os turistas que frequentam a cidade só têm o que fazer a noite. De dia, ficam ociosos”, explicou André Mayer Pflug, diretor da SkiClub. De outubro a abril, as pistas vão funcionar cobertas para evitar que a chuva danifique as estruturas.

Durante o verão, o SkiClub (www.skiclub.com.br) ficará fechado por algumas semanas.O interior de São Paulo vai ganhar em maio as primeiras pistas permanentes de esqui do Brasil.

Banner Whatsapp Desktop
PMCG
AL MS