25 de janeiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
senar
Educação

SP Alimentação lança projeto de educação alimentar na Escola Municipal Fauze Gatass

Nutricionista Lidiane Brittes, coordenador Danilo Medeiros, secretária Educação Maria Cecilia e prof
Nutricionista Lidiane Brittes, coordenador Danilo Medeiros, secretária Educação Maria Cecilia e prof - Divulgação
MÊS DA ECONOMIA COMPER

Verduras e legumes como alface, agrião, beterraba, rabanete e cenoura começam a ser inseridos no cardápio da merenda escolar dos alunos da Escola Municipal Fauze Scaff Gatass.

Esse é o resultado da parceria da Prefeitura Municipal de Campo Grande com a empresa SP Alimentação Ltda que implantou na escola uma horta inaugurada na tarde da última sexta-feira com a presença da secretária Municipal de Educação, Maria Cecília Améndola da Mota, acompanhada do coordenador da Merenda Escolar Danilo Medeiros Figliolino, além da equipe da SP Alimentação, que é responsável pela merenda escolar em 23 escolas muncipais, onde o serviço foi terceirizado. As hortaliças servirão como complementação da merenda escolar dos 816 estudantes da escola. A horta produzirá quinzenalmente de mais de três mil mudas de verduras e legumes e se unirá à produção realizada nas hortas das escolas municipais Plínio Mendes dos Santos, Elísio Ramires e Licurgo de Oliveira Bastos.

O projeto Horta Escola idealizado pela empresa SP Alimentação é coordenado pela Coordenadoria de Abastecimento Alimentar da Prefeitura Municipal de Campo Grande contando com parceria de empresas privadas. As hortas, que possuem o formato retangular e circular no estilo mandala, têm proporcionado bons resultados estimulando outras escolas municipais a se habilitarem na criação de hortas em seus terrenos.

Segundo o coordenador da merenda escolar, Danilo Medeiros Figliolino, o Projeto Horta Escola é importante porque além de ter um fator educacional contribui para a enriquecer a alimentação dos alunos. “Esta técnica do cultivo da horta pode ser levado para os pais dos alunos para que eles façam uma horta caseira e o mais interessante sem agrotóxicos”, acrescenta Danilo.

Para a diretora da Escola Fauze Gattaz, Tânia Vital da Silva Gomes este trabalho amplia o conhecimento dos alunos. Eles podem desenvolver novas habilidades com a produção de hortaliças. “Nossa merenda fica mais saudável com essas verduras e legumes”, acrescenta a diretora Tânia da Silva.

As alunas da 4ª série do ensino fundamental, Gabrielle Rodrigues do Santos de 9 anos, Fernanda Neres Barroso, 9 anos e Carolina dos Santos também de 9 anos aprovam os trabalhos que estão sendo desenvolvidos na horta da escola. “Nossa alimentação ficará mais saborosa com o acréscimo dessas verduras”, acrescenta a aluna Carolina dos Santos. Na presença dos professores, dos pais alunos, a titular da Semed Maria Cecília Améndola da Mota lembrou que a administração municipal tem a preocupação com a qualidade de vida dos alunos. “Vamos estender este trabalho de cultivo de hortaliças para outras escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino)”, finalizou a secretária Maria Cecília da Motta.

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS