19 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
al outubro2
Show

Show acústico de Alcione desembarca na Capital dia 21 no Palácio Popular

Alcione encanta o público no dia 21 no Palácio Popular da Cultura
Alcione encanta o público no dia 21 no Palácio Popular da Cultura - REPRODUÇÃO
Fort  Atacadista - 21 ANOS

A sambista Alcione promete um mega show em Campo Grande no próximo dia 21 de dezembro, no Palácio Popular da Cultura.

A apresentação está marcada para as 21 horas. No repertório do show, estão sucessos como Meu Ébano, A Loba, Gostoso Veneno, Sufoco  e Não Deixe o Samba Morrer. Os ingressos estão à venda no Ingresso Fácil e custam entre R$ 100 e R$ 200.
Alcione Nazaré nasceu em São Luís, MA, em 21 de novembro de 1947. O pai, João Carlos Dias Nazareth, foi mestre de banda da Polícia Militar de São Luís do Maranhão e professor de música. Foi ele quem lhe ensinou, ainda cedo, a tocar diversos instrumentos de sopro, como o clarinete, que começou a estudar aos 13 anos. Com essa idade, tocava e cantava em festas de amigos e familiares.
Sua primeira apresentação foi aos 12 anos, na Orquestra Jazz Guarani, da qual seu pai era integrante. Certa noite, o crooner da orquestra ficou rouco, sendo substituído pela menina, que, mais tarde, ficou conhecida como “Marrom”. Na ocasião, cantou com sucesso a música “Palma branca” e o fado “Ai, Mouraria”.
Formou-se como professora primária e continuou a se dedicar à música, tendo apresentado-se na TV do Maranhão, nos anos de 1965 e 1966. Em 1968 mudou-se para o Rio de Janeiro indo trabalhar em uma loja de discos.
Começou cantando na noite, levada pelo cantor Everardo, que ensaiava no Little Club, boate situada no conhecido Beco das Garrafas, reduto do nascimento da Bossa Nova, em Copacabana.
O evento é uma realização de Xaxá Produções. Informações no 9245-5555.

Banner Whatsapp Desktop
Annelies
AL MS