25 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Colunas

Sexualidade & Psicologia - Vera Simones Adames

Fort  Atacadista - 21 ANOS

Passei por uma mastectomia e tenho me sentido muito mal, não pela cirurgia mas fiquei com receio do meu corpo e vergonha do meu marido. Ele é carinhoso e ainda sente desejo por mim. Eu me sinto condenada a esse sentimento negativo e gostaria da sua opinião.

Realmente esse sentimento negativo está prejudicando a sua vida e a imagem que você tem de si mesma. Se sentir condenada é muito pesado para qualquer pessoa independente da idade.
Qualquer processo cirúrgico interfere no aspecto emocional, pode ser até uma cirurgia de unha encravada, mas não deixa de ser um processo cirúrgico que pode acarretar ansiedade, preocupação e receio.

A mastectomia é a remoção do seio total ou parte dele, ou seja é a retirada de uma parte do corpo que está diretamente ligada a feminilidade.

A nossa cultura percebe o seio como atrativo de excitação sexual para o homem, e quando a mulher passa por um processo de cirurgia sente um forte medo de ser rejeitada pelo parceiro.

Mesmo que você se preocupe com o pensamento do seu marido ao vê-la nua, é importante ressaltar que se ele a ama estará mais preocupado com o seu sentimento e a sua saúde do que com um peito bem delineado.

 O   sentimento interiorizado denigre tanto a percepção da sua imagem que  o desejo dele é citado por você com um forte “ainda” . 

É  natural que você leve um pouco de tempo para se acomodar fisicamente e psicologicamente a este novo processo pós-cirurgico, mas é conveniente que você busque ajuda para o que está sentindo relate ao seu médico como se sente para que ele possa orientar e se necessário conhecer outras pessoas que passaram pela mesma situação, ou talvez iniciar um processo psicoterapico para que possa se adaptar e vencer os temores.

Banner Whatsapp Desktop
AL MS
PMCG