19 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
al outubro2
Premiação

Sesi/MS entrega troféus do PSQT 2008 e vencedores dividem prêmio

Representante da empresa vencedora do Prêmio Sesi Qualidade no Trabalho
Representante da empresa vencedora do Prêmio Sesi Qualidade no Trabalho - Divulgação
Fort  Atacadista - 21 ANOS

A valorização do funcionário é o segredo para alcançar bons resultados na avaliação dos campeões da edição 2008 do PSQT (Prêmio Sesi Qualidade no Trabalho).

Na noite da quinta-feira passada, 18, as empresas Rio Tinto e Cargill Agrícola, 1ª e 2ª colocadas na categoria grande empresa, Real & Cia e Inflex Indústria e Comércio de Embalagens, 1ª e 2ª colocadas na categoria média empresa, União Indústria e Comércio de Plástico e Rímoli & Cia, 1ª e 2ª colocadas na categoria pequena empresa, e Camapi Motores e D’Itália, 1ª e 2ª colocadas na categoria microempresa, receberam os troféus em solenidade de premiação na Casa da Indústria, em Campo Grande.

“Nós temos orgulho em realizar ações sempre com foco no desenvolvimento sustentável e, principalmente, em investir na capacitação dos nossos funcionários”, disse o gerente de produção da Rio Tinto, Emerson Nascimento. Para o superintendente da Cargill, Flávio Guimarães, o bom ambiente de trabalho é fundamental para se obter grandes conquistas. “A Cargill é uma grande empresa, com clima de pequena. Temos os funcionários muito próximos e eles são a nossa retaguarda”, disse.

A seriedade do trabalho desenvolvido pelo Sesi/MS (Serviço Social da Indústria de Mato Grosso do Sul) também foi destacado pelos participantes. Para o gerente administrativo da Inflex, César Augusto Scheide, as ações são entendidas como uma espécie de consultoria que mostra à empresa os caminhos para melhorar cada vez mais. “Unindo isso à valorização do funcionário e também à dedicação de cada um conseguimos alcançar o sucesso”, apontou.

Para o diretor da União, Silvio Roberto Padovani, essa orientação dispensada pelo Sesi/MS é fundamental na melhoria da qualidade de vida do trabalhador. “O Sesi nos ajuda a chegar a esse momento, em que enxergamos o funcionário como item fundamental no processo. Para se ter sucesso é preciso valorizar o funcionário”, declarou.

Na avaliação da sócia-proprietária da Real H, Cláudia Maria Real Leite, o PSQT é a validação do trabalho desenvolvido na empresa, com foco na qualidade de vida do trabalhador. “Ao investirmos nas pessoas e melhorarmos os processos estamos devolvendo para a sociedade o que ela nos oferece. A nossa política é transformar a empresa na extensão da nossa família. Este Prêmio é excelente e nos permite aprimorarmos ainda mais o nosso trabalho”, disse.

 

Crescendo juntos - Para o diretor-geral da Rímoli, José Paulo Rímoli, a maior gratificação é ver os funcionários crescerem junto com a empresa. “Estamos muito felizes com Prêmio, e não me canso de reforçar o quanto a nossa equipe é responsável por isso. Os funcionários crescem junto com a empresa”, disse.

Rômulo Wendell, 25 anos, é um deles. Começou como estagiário e hoje é assessor da diretoria. “Comecei como estagiário do IEL (Instituto Euvaldo Lodi) e agora estou na assessoria”, contou orgulhoso. Os incentivos ultrapassam os muros das indústrias e chegam à comunidade. Anita Burille, proprietária da D’Itállia, contou que além de toda a atenção dispensada à equipe, a empresa envolve os funcionários em trabalhos assistenciais que atendem a comunidade.

 

Premiação - “O PSQT é a validação do trabalho desenvolvido pelas empresas. Um trabalho de excelência e que merece o nosso reconhecimento”, disse o diretor da Fiems (Federação das Indústrias de MS), José Francisco Veloso, que representou o presidente, Sérgio Marcolino Longen, na premiação do PSQT.

Banner Whatsapp Desktop
AL MS
Annelies