20 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
PROCON

Servidores do Procon Estadual concluem curso de mediação

5 junho 2017 - 13h44
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

Campo Grande (MS) – Servidores do Procon Estadual, ligado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), concluíram na sexta-feira (2.6) o curso de formação de mediadores, ministrado pela Escola Judicial do Tribunal de Justiça/MS, por intermédio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), no Centro Integrado de Justiça (Cijus), em Campo Grande.

O encerramento do evento contou com a presença dos juízes Aldo Ferreira da Silva Junior e Fábio Possik Salamene, que falou sobre a expectativa de dar solução mais definitiva aos conflitos e de promover competências para colaborar com a sociedade. Segundo Fábio Salamene, a capacitação “é um conhecimento complexo que se constitui no primeiro passo para aprofundamento dessa nova técnica”.

O curso, realizado de 22 de maio a 2 de junho, teve o objetivo de aperfeiçoar a atividade de conciliação realizada pelo Procon. Com duas semanas de duração e 40 horas/aulas de conteúdo teórico, a capacitação foi direcionada à apresentação de técnicas na resolução de conflitos por meios alternativos de diálogo e consenso. O superintendente do Procon/MS, Marcelo Salomão, agradeceu ao Tribunal de Justiça e ao Nupemec pela atenção à proposta de parceria, que se constitui no primeiro passo na concretização do convênio. “Ganha o Procon, o Tribunal de Justiça e a sociedade”, declarou o superintendente.

O servidor Márcio Benites, que atua há oito anos como conciliador do Procon, destacou o conhecimento e aprimoramento das técnicas utilizadas: “essa capacitação vai ajudar a desenvolver melhor as audiências na busca do que as partes querem, que é um acordo para sanar o problema. Com essa nova prática, o Procon terá mais autonomia nas conciliações”, afirmou.

O curso, elaborado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), pretende alinhar os treinamentos em conciliação e mediação dos tribunais à Resolução n. 125/2010, que trata sobre a Política Judiciária Nacional de tratamento adequado dos conflitos de interesses no Judiciário. A conciliação e a mediação são procedimentos de resolução de conflitos por meio da aplicação de técnicas específicas que levem à retomada do diálogo entre as partes na busca de possível acordos.

Segundo Luiz Alberto Rojas, servidor atuante há 13 anos na conciliação, o curso foi muito produtivo: “principalmente a interação entre o que a gente já faz lá no Procon, que é a conciliação, e a mediação, que é uma ferramenta nova, que vem do judiciário para nos proporcionar uma situação melhor, um auxílio para resolver melhor as nossas audiências no Procon. A partir de agora, a ótica será diferente, mais amplificada, acredito que as técnicas serão muito úteis no dia a dia”, pontuou.

Keyla Tormena – Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS)

Foto: Edemir Rodrigues

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você apoia o retorno do ensino presencial em escolas públicas ainda no ano de 2020?

Votar
Resultados
TJ MS INTERNO
TJ MS
pmcg ms