18 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
AUDIÊNCIA PÚBLICA

Senado fará audiência pública para debater paralisação das obras da BR 163

O presidente da Comissão, senador Eduardo Braga (PMDB/AM), se comprometeu a encaminhar a denúncia de Pedro Chaves ao Tribunal de Contas da União, para que o TCU faça uma auditoria rigorosa no contrato e na obra

30 maio 2017 - 16h15Da Redação
Pedro Chaves quer o fim imediato da cobrança de pedágio na BR 163
Pedro Chaves quer o fim imediato da cobrança de pedágio na BR 163 - Divulgação

A Comissão de Infraestrutura do Senado aprovou nesta terça-feira (30) requerimento do  senador Professor Pedro Chaves (PSC/MS) para a realização de uma audiência pública no Congresso Nacional, na qual será debatida a paralisação das obras de duplicação da BR 163.

“É um absurdo o que está acontecendo no meu estado. A CCR MS Via, que ganhou uma concorrência pública para realizar o serviço, de uma hora para outra, numa decisão unilateral, resolve paralisar as obras e continuar cobrando pedágio, em um flagrante desrespeito não só ao contrato de concessão assinado com o governo federal mas a todo o povo sul-mato-grossense. Espero que na audiência pública, para a qual convidaremos o ministro dos Transportes, sejam apresentados encaminhamentos para resolver rapidamente essa questão, e um desses encaminhamentos, sem dúvida alguma, é a suspensão imediata da cobrança do pedágio”, argumentou Pedro Chaves.

O presidente da Comissão, senador Eduardo Braga (PMDB/AM), se comprometeu a encaminhar a denúncia de Pedro Chaves ao Tribunal de Contas da União, para que o TCU faça uma auditoria rigorosa no contrato e na obra. Também serão convocados para a audiência no Senado o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT),  membros da direção da  Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e representantes do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) , da  Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) e da CCR MS Via.

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Considerando a pandemia do novo coronavírus, você acha que o TSE deveria ter editado resolução e tornado o voto não obrigatório este ano?

Votar
Resultados
TJ MS INTERNO
pmcg ms
TJ MS