26 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
PMCG
ASSISTÊNCIA SOCIAL

Secretário lembra crise, mas defende manutenção de direitos em Conferência de Assistência Social

16 maio 2017 - 17h02
_MG_9980
_MG_9980
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

A conjuntura atual pelo qual passa o país e o corte de recursos da área de assistência social são as principais preocupações que a Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS) levantou durante as discussões de preparação para a 12° Conferência Municipal de Assistência Social (CONFEMAS) que acontece nesta terça-feira (16), no Instituto Mirim.

O secretário-adjunto da SAS, Sérgio Wanderly Silva, salientou que, diferentemente da Educação e da Saúde, que tem 25% e 15%, respectivamente, garantidos no Orçamento, a Assistência Social tem que lutar pelos recursos, e principalmente, para não perdê-los. “A nossa luta é de que a gente não perca os direitos. A gente coloca o direito na perspectiva de conquista, principalmente os trabalhistas, que a gente viu nos últimos dias sendo desmontados. Isso nos preocupa muito, porque o país em recessão, a dificuldade no mundo do trabalho… Vem tudo para a assistência social”, pontuou.

Ele ainda frisou que Campo Grande tem a estrutura necessária, mas precisa verificar se ela está de fato funcionando. “Nós temos a capilaridade, temos equipamentos, CRAS e CREAS. Agora, nós temos que ver e qualificar este serviço. E fazer uma avaliação de como são essas famílias estão tendo suas vidas transformadas por esses equipamentos”, afirmou.

_MG_9976Em consonância, Maria Aparecida da Silva Borges, presidente do Conselho Municipal de Assistência Social de Campo Grande, explicou como o sistema funciona. “Cada vez que uma lei não é efetivada, que se refere à garantia de defesa de direitos, isso impacta no atendimento ao usuário. Eu vejo que é um desafio para a assistência social efetivar as propostas tiradas na conferência. Por isso, mesmo diante deste cenário de desmonte da política de assistência social, nós não vamos virar as costas ou deixar de lutar. Enquanto existir pessoas desfavorecidas socialmente a posição nossa enquanto presidente do CMAS, enquanto usuária, enquanto trabalhadora, é de lutar para a efetivação destes direitos”, corroborou.

Promovidas pelo Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), com apoio da  SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social), as atividades acontecem nos CRAS (Centro de Referência em Assistência Social). A abertura dos trabalhos acontece no dia 16, às 13 horas, no Instituto Mirim.

As discussões de preparação para a 12° Conferência Municipal de Assistência Social (CONFEMAS) cujo tema é “Garantia de Direitos no Fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS)” começam neste mês com as pré-conferências que buscam levantar propostas para a abordagem do tema.

As atividades estão sendo promovidas pelo Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), com apoio da SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social). No total, serão realizadas oito pré-conferências que também vão eleger os delegados dentre os usuários ou organização de usuários, trabalhadores do SUAS, representantes de entidades de assistência social e representantes do Setor Público.

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
TJ MS INTERNO
TJ MS
pmcg ms