25 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Educação

Secretária de Educação expõe resultados na Câmara da Capital

15 setembro 2009 - 13h23
Maria Cecília explicando dados do Todos pela Educação
Maria Cecília explicando dados do Todos pela Educação - Izaias Medeiros
Fort  Atacadista - 21 ANOS

    O presidente do Legislativo Municipal, vereador Paulo Siufi (PMDB) convidou a Secretária Municipal de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta para fazer explanação, durante a Sessão Ordinária desta terça-feira (15), sobre os encaminhamentos e resultados referentes à renovação do impacto de adesão ao compromisso “Todos pela Educação”, firmado entre a prefeitura Municipal de Campo Grande e o Ministério da Educação.

  Inicialmente,Maria Cecília Amendola da Motta utilizou slides para pontuar dados sobre as ações realizadas pela SEMED, junto às unidades educacionais do município de Campo Grande. “O compromisso é veio em 2007 e fomos desafiados pelo IDEB [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica - que mede a qualidade da educação do país, trabalha com a qualidade e com o rendimento escolar] para melhorar a educação de Campo Grande.

  A demanda de qualidade e quantidade era grande. Em 2007, o Ministro da Educação pediu a todos o compromisso. O termo com 33 diretrizes e cinco metas que o Brasil assumirá em 2021, ano do bicentenário da independência do Brasil. Campo Grande já atingiu as cinco metas”, informou, acrescentando que em 2005 Campo Grande teve média de 2.4 e em 2007 foi de 4.3.

  Na oportunidade, a Secretaria Municipal afirmou que a educação é um direito de todos. “Todos devem estar contribuindo nas escolas, na sociedade, na Câmara em prol de uma qualidade de educação para todos.

  Um sistema ideal de educação é aquele que toda criança e adolescente tivessem acesso à escola, não abandoasse escola, e no final de tudo todos pudessem aprender”, explicou Maria Cecília que também mencionou que os programas educacionais compensatórios como EJA, Projovem, que atendem aqueles que ficaram muito tempo afastados da escola, deixarão de existir.

  Ao fazer uso da tribuna, Maria Cecília também lembrou as cinco metas que compõe o projeto “Todos pela Educação”, quais sejam : toda criança e jovens de quatro e 17 anos, respectivamente têm de estar na escola; todas as crianças precisam ser alfabetizadas até os 8 anos de idades; todo aluno deve estar com a idade certa, na série correta;que toda crianças tivesse concluindo o ensino médio aos 19 anos e por fim que o investimento na educação fosse ampliado e bem gerido.

Aparte:

  Após o encerramento da exposição dos resultados apresentados por Maria Cecília, os parlamentares fizeram uso do aparte para parabenizar o trabalho realizado dos educadores municipais sob a gerencia da Secretaria Municipal de Educação.

  o presidente da Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Câmara, Herculano Borges (PSC) é preciso que todos sejam instrumentos da educação para que Campo Grande continue a ser referência nacional. Já a vereadora professora Rose (PSDB) disse que a visita da Secretária a Casa de Leis é muito importante.

  “ Temos a preocupação com a qualidade no ensino, tivemos projetos que foram aprovados, há também os de minha autoria que estão em tramitação. Me sinto feliz como educadora em saber que temos uma Secretaria de Educação que trabalha com qualidade, disse a parlamentar.”

Conforme Alcides Bernal (PP), elogiou o tema exposto e afirmou que “ o conjunto de esforços têm dado certo. Isso se deve ao fator ser humano, fator determinante para o cumprimento do trabalho”, pontuou.

Ao final, Paulo Siufi elogiou a explanação didática que propiciou conhecimento àqueles que defendem uma educação com qualidade com reconhecimento do esforço de diretores de escolas e CEINFs. “A Câmara Municipal se sente orgulhosa em ter essa marca extraordinária na educação do nosso município”, disse.

 

Banner Whatsapp Desktop
AL MS
PMCG