21 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
al outubro2
Saúde

Santa Casa constroi laboratório de nutrição e economiza R$ 40 mil/mês

22 setembro 2009 - 16h48
O projeto foi desenvolvido com base nas portarias e resoluções vigentes
O projeto foi desenvolvido com base nas portarias e resoluções vigentes - Denilson Secreta
Fort  Atacadista - 21 ANOS

   Para tanto, foi construído o Laboratório de Nutrição Enteral, com recursos repassados pelo Governo do Estado e a Prefeitura.

  O prefeito Nelson Trad Filho participa amanhã (23/09), às 9:00 horas, da inauguração do laboratório, instalado no subsolo 2 do hospital.

  Antes da construção do laboratório, toda a alimentação por sonda nasogástrica e nasointestinal era comprada para atender à demanda. Agora, o diretor administrativo da Santa Casa, Salim Cheade conta que a produção própria vai gerar uma economia entre R$ 40 mil a R$ 50 mil por mês. “Além de trazer renda para o hospital”, frisou o médico.

  Produção – No laboratório, serão produzidas por mês uma média de 1.950 dietas enterais para atender cerca de 65 pacientes diariamente entre adultos e crianças. A dieta enteral é um alimento especial, com ingestão controlada de nutrientes, em forma isolada ou combinada.

  Tem composição definida e é especialmente formulada e elaborada para uso por sonda, industrializada ou não, e utilizada exclusivamente para substituir ou complementar a alimentação oral em pacientes desnutridos ou não, conforme suas necessidades nutricionais.

  O laboratório contará com duas nutricionistas, dois técnicos de nutrição, duas auxiliares de manipulação, um auxiliar de limpeza e um auxiliar de escritório. Em sua estrutura física o laboratório tem uma sala de paramentação dos profissionais que ali trabalharão, sala de higienização, sala de manipulação, sala de dispensação, estoque e depósito de material de limpeza.

  Todas as áreas do laboratório foram climatizadas, instaladas bancadas de mármore onde necessário, dois refrigeradores verticais, seladora, balança, liquidificadores profissionais, termômetro de diversos tipos para controle de temperatura, termohigrômetro para controle de temperatura e umidade dos estoques, provetas, lixeiras, armários, mesas, cadeiras, computadores, impressora, um sistema específico de composição química das dietas e todos os demais utensílios necessários para a produção.

  O projeto foi desenvolvido com base nas portarias e resoluções vigentes para que o serviço possa se tornar referência e gerar economia para a Instituição, já que as dietas produzidas no laboratório custarão em média 50% menos que o preço hoje cobrado pela dieta terceirizada.

  Serão responsáveis pelo Laboratório de Nutrição Enteral da Santa Casa o médico Sérgio Couto (Coordenador Geral do Serviço de Nutrição do Hospital) e a nutricionista Gislene Nantes Nogueira (responsável técnica do laboratório).

Banner Whatsapp Desktop
AL MS
Annelies