05 de dezembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
PREF DE MJU
Saneamento

Sanesul renova concessão e vai atender sete cidades por 30 anos

Divulgação
Fort Atacadista Natal

A Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) e o Governo do Estado acabam de renovar o contrato de programa para operar os serviços de água e esgoto de sete municípios do Estado.

Os contratos garantem a manutenção na qualidade da administração dos sistemas de água e esgoto de Anastácio, Camapuã, Itaporã, Nioaque, Paranaíba, Rio Negro e Terenos, para os próximos 30 anos, com investimento de mais de R$ 90 milhões nesses municípios.

Durante a assinatura, o diretor-presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa, salientou que os investimentos deverão aumentar ainda mais. “São R$ 97 milhões exclusivamente de recursos próprios. Somados a isso há também recursos federais, que certamente mudarão a realidade do saneamento e, dessa forma, da saúde dos moradores dessas cidades”.

Para o governador André Puccinelli, a parceria entre o governo e as prefeituras é fundamental para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. “O Estado tem mais poder econômico-financeiro, e a Sanesul, agora saneada, é a melhor opção como prestadora dos serviços de água e esgoto em Mato Grosso do Sul”.

Puccinelli enfatizou o comprometimento da Sanesul e do governo do estado com a saúde e qualidade de vida da população. “Pode parecer que 30 anos é muito distante, mas até lá, nós temos obrigação de ter 97% das residências ligadas à rede de água e aumentar consideravelmente o percentual de esgotamento sanitário. Para tanto, vamos continuar investindo em saneamento”.

Os contratos já estão de acordo com a nova lei do saneamento (lei 11.445/2007), prevendo que a Agepan (Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos) atue como órgão regulador dos serviços. Além disso, a Sanesul elaborou um contrato garantindo a execução de um Programa de Investimentos e de um Programa de Metas Progressivas para cada município.

No Programa de Investimentos estão previstos R$ 18 milhões - divididos entre os sete municípios - para os primeiros quatro anos de contrato. Além disso, no Plano de Metas, a Sanesul assume o compromisso de atender 60% da população de cada município com coleta e tratamento de esgoto. Essa meta leva em conta apenas os recursos próprios. Também está assegurada a manutenção de abastecimento de 100% da população com água tratada.

Para a Sanesul, a assinatura dos contratos renova a parceria com os municípios, garantindo atendimento de qualidade. “É muito importante que os municípios façam essa parceria com a Sanesul. A empresa tem tecnologia e conhecimento para garantir o bom atendimento da população, melhorando a saúde e garantindo que nosso Estado melhore cada vez mais os índices de saneamento”, explica o presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa.

A cerimônia de assinatura dos convênios foi realizada na última terça-feira (4) no auditório da governadoria. Estiveram presentes na cerimônia o vice-governador Murilo Zauith, o deputado estadual Diogo Tita, os prefeitos de Nioaque, Ilca Corral, de Rio Negro, Joaci Rezende, de Camapuã, Moisés Nery, de Terenos, Humberto Pereira, o vice-prefeito de Anastácio, Honorato de Souza, o presidente da Agepan, Anízio Tiago, o diretor-técnico Victor Dib Yazbek Filho, o diretor administrativo-financeiro Manoel Gomes, os gerentes regionais Marcos Malheiros, João Farias e Dival Willeman, além de gerentes, assessores e funcionários da Sanesul.

Banner Whatsapp Desktop
Natal Comper

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você apoia a volta de algumas medidas restritivas como o toque de recolher na capital?

Votar
Resultados
Comper sem sair de casa
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia
PREF DE MJU