01 de dezembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
aguas novembo
Governador

Rio: 'próximo passo é fazer a perícia', diz governador sobre incêndio em hospital

Após incêndio atingir Hospital Federal de Bonsucesso, zona norte do RJ, governador do Estado afirma que uma vez controlado o fogo, o próximo passo é investigar as causas do ocorrido

27 outubro 2020 - 12h50
Entrada do Hospital Federal de Bonsucesso
Entrada do Hospital Federal de Bonsucesso - ( Foto: Estadão/Caio Sartori )
Fort Atacadista Natal

Após um incêndio atingir Hospital Federal de Bonsucesso, na zona norte do Rio de Janeiro, o governador em exercício do Estado, Cláudio Castro (PSC), afirmou nesta terça-feira, 27, que uma vez controlado o fogo, o próximo passo é investigar as causas do ocorrido. Castro relatou que a informação que tem até o momento é que os bombeiros já controlaram o fogo e realizam agora atividade de rescaldo e que todos os pacientes conseguiram ser socorridos.

"O que me chegou (até agora) é que foram todos socorridos e que também conseguimos salvar equipamentos", disse em conversa com jornalistas na saída do Palácio do Planalto. "O próximo passo então é a Polícia Civil, que já está no local, entrar para fazer toda a questão de perícia para aí começar a investigação e passar para o Ministério Público entender se foi uma causa acidental ou uma causa criminosa."

Os bombeiros chegaram ao local por volta das 9h50 desta terça. Até o momento, 195 pacientes foram resgatados com segurança. A maior parte foi transferida da prédio 1, onde o incêndio começou, para o prédio 2 do hospital. Com auxílio do Samu, 25 pacientes foram transferidos para outros locais.

Conforme o Estadão mostrou, o porta-voz dos Bombeiros, coronel Lauro Botto, afirmou que há indícios de que o incêndio tenha começado num almoxarifado no subsolo do prédio, onde havia um estoque de fraldas. As causas do incêndio deverão ser confirmadas no processo de perícia.

Banner Whatsapp Desktop
PREF DE MJU
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia