28 de novembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
SESI - Campanha Protocolo de Atendimento
Legislativo Municipal

Projeto do vereador Paulo Siufi facilita embarque e desembarque de deficientes físicos nos ônibus

Siufi  - a proposta  facilita a utilização do transporte para os deficientes físicos
Siufi - a proposta facilita a utilização do transporte para os deficientes físicos - DIVULGAÇÃO
Fort Atacadista Natal

   O presidente do Legislativo , vereador Paulo Siufi protocolou o Projeto de Lei nº 6.658/09, que concede o Direito de Desembarque aos Deficientes Físicos, residentes no município de Campo Grande, fora das paradas obrigatórias. De acordo com Siufi, a proposta facilita a utilização do transporte coletivo para os deficientes físicos da Capital, com a dispensa da parada obrigatória dos ônibus, somente nos pontos de embarque e desembarque de passageiro. 
“Entendemos que a tramitação desta preposição deva sensibilizar todas as pessoas envolvidas, pois a pretensão é clara e objetiva, que é proporcionar a regulamentação das reivindicações das famílias que possuem um deficiente físico e das várias entidades de classe do deficiente físico, que pela distância e locais impróprios dos pontos de ônibus praticamente não utilizam o transporte como pretenderiam”, explicou o vereador Paulo Siufi. 

   A proposta estabelece em seu artigo 1°- a concessão aos deficientes físicos, usuários do Sistema de Transporte Coletivo, o direito de desembarque sem necessariamente obedecer as paradas obrigatórias dos pontos, preestabelecidas. Em seu parágrafo único, fica determinado, conforme a Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas Portadoras com Deficiência, que as pessoas com deficiência física são aquelas que têm impedimentos de natureza física, os quais em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade com as demais pessoas. Segundo o texto do projeto, descrito no art. 2°, poderão os passageiros abrangidos nesta lei indicar os locais de desembarque desde que respeitado o itinerário original da linha. Por fim, conforme o artigo 3º desta proposição, ficará a cargo do Poder Executivo a realização de campanhas elucidativas, que promovam a divulgação das informações referidas nesta Lei, por meio de cartazes afixados em ônibus do sistema de transporte coletivo da Capital.

Banner Whatsapp Desktop
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia