05 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Pesquisa

Procon aponta diferença de quase 90% no preço de produtos natalinos em Campo Grande

23 dezembro 2013 - 17h00
Cassems

O órgão de defesa do consumidor em Mato Grosso do Sul, aponta diferença de quase 90% no preço de produtos natalinos em Campo Grande, em segunda pesquisa, dentro do mês de dezembro, com oito estabelecimentos da Capital. Foram pesquisados 205 itens pelo Procon-MS, onde foi identificado pelo menos dez maiores variações entre os estabelecimentos, maior que 55%. Os produtos ligados diretamente ou 'da época' do Natal são os mais caros, como o Panetone, Bebidas (Vinho e Espumantes), Castanha do Pará e cestas.

O vinho Dom Bosco tinto 750ml marca a maior variações de preços de até 89,3%, no valor mais caro por R$ 9,90 nas Americanas e no mais barato por R$ 5,23 no Maxxi, numa diferença de R$ 4,67.  Nos demais, os números marcam: Cidra Cereser s/ alcool – 88,7%; Castanha do Pará – 76,8%; Panetone Pulman sabores 500g –75,6%; líder maçã 660ml – 66,6% ; Cereser maçã 660ml – 63,6%; Cesta Bauducco pequena – 62,6%; vinho Almadém merlot 750ml - 59,6%; panetone Nestlé gianduia 500g – 57,9%; cesta Visconti pequena – 55,9%.

A direção do Procon aponta que o objetivo da pesquisa feita na última terça-feira (17) é esclarecer o público e que os resultados não são para afetar o comércio e que isso não pode ser usados para fins publicitários, por ninguém. "Os números servem para orientar aquele consumidor que quer pesquisar e precisa de uma base oficial. O Procon como órgão de defesa tem entre suas funções oferecer alguns subsídios a todos os clientes", explica Alexandre Rezende, superintendente do órgão.

A assessora jurídica do Procon, Rosimeire Cecília da Costa, orienta que o consumidor deve pesquisar, os preços para obter economia nas compras, seja nos números levantados ou mesmo no seu dia-a-dia, entre dois, três ou mais locais. “Temos esta pesquisa onde estão listados os maiores estabelecimentos de varejo e onde o consumidor pode obter informações para fazer uma escolha mais pensada de acordo com o seu orçamento. Hoje, as variações são muito grandes e é importante que o consumidor saiba fazer as melhores escolhas”, afirmou a advogada.

Variações

As variações da pesquisa realizada no dia 25 de novembro em comparação à realizada no dia 17 de dezembro foram de - 1%.

Variações encontradas nos estabelecimentos:

Maxxi - coletados 59 itens, com uma variação de menores preços: em menos -59,32%, do total e a de maiores preços – 11,86%;

- Atacadão - coletados 120 itens, com uma variação de menores preços:- 57,50% e a de maiores preços – 32,50%;

- Fort - coletados 108 itens, com uma variação de menores preços:- 38,88% e a de maiores preços – 33,33%;

- Wall Mart - coletados 97 itens, com uma variação de menores preços – - 50% e a de maiores preços –50%;

- Carrefour - coletados 72 itens, com uma variação de menores preços – - 34,72% e a de maiores preços – 45,83%;

- Extra - coletados 81 itens, com uma variação de menores preços – - 32,09% e a de maiores preços – 34,56%;

- Comper - coletados 108 itens, com uma variação de menores preços – - 30,55% e a de maiores preços – 41,66%;

- Americanas - coletados 23 itens, com uma variação de menores preços – 4,34% e a de maiores preços – 78,26%.

 

Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE