22 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Legislativo Municipal

Preocupado com a gripe suína, Bernal sugere suspender desfile de 26 de agosto

14 agosto 2009 - 10h33
Izaias Medeiros
Fort  Atacadista - 21 ANOS

 Segundo Bernal, diante dos crescentes casos de pessoas infectadas com o vírus da gripe suína, além do registro de casos da doença e o falecimento de pessoas em Mato Grosso do Sul vitimadas pela gripe A, “é preciso fazer uma campanha maciça de prevenção, para evitar que o vírus contamine ainda mais pessoas em nossa cidade”, disse Bernal.

 Em seu discurso, o parlamentar apresentou uma sugestão a ser encaminhada ao prefeito Nelsinho Trad (PMDB), para que não seja realizado em Campo Grande o tradicional desfile de aniversário da cidade, no próximo dia 26 de agosto, para evitar a aglomeração de pessoas e conseqüentemente, o contágio da doença transmitida pelo ar e pelo contato físico com pessoas infectadas.  “Nestes eventos a aglomeração de pessoas é muito grande. A aglomeração já começa no interior dos ônibus e continua nas calçadas. Penso também nas crianças que vão desfilar e ficarão expostas ao vírus. Não podemos correr este risco. Queremos comemorar os 110 anos de nossa cidade, entendemos que é uma data significativa, mas diante dessa pandemia temos que tomar uma providência. Não podemos ficar quietos”, disse Bernal.

 Sobre a medida, o vereador do PP disse ainda que “não é questão de estabelecer um clima de pavor, mas em casos como esse, temos que fazer o máximo sem se preocupar com o exagero. Neste caso, o exagero é para o bem da população e não para o mal. O prefeito Nelsinho Trad já levantou esta idéia anteriormente e espero que ele realmente faça isso”, revela Bernal.

 De acordo com Alcides Bernal, a saúde pública do município de Campo Grande passa por dificuldades, como a falta médicos e reclamações de falta de um atendimento adequado. “Imagine o que acontecerá com a nossa cidade se a gripe se instalar, agravando ainda mais essa situação? Não queremos que Campo Grande seja palco de situações críticas. Já enfrentamos uma grande dificuldade com a dengue e não queremos viver isso tudo de novo. Temos que ser precavido. Prevenir é melhor que medicar”, alegou Bernal.

Banner Whatsapp Desktop
PMCG
ALMS