30 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Campanha Bonito Seguro - Fase 2
Cidade

Prefeitura vai investir 80% do orçamento de 2009 em saúde, educação e urbanismo

O documento recebido pelo vereador Edil Albuquerque, apresentando o crescimento em relação a 2007
O documento recebido pelo vereador Edil Albuquerque, apresentando o crescimento em relação a 2007 - Divulgação
Fort  Atacadista - 21 ANOS

As áreas de saúde, educação, transporte e urbanismo vão receber 80% do orçamento de Campo Grande, cujo valor é 1,5 bilhão. A peça orçamentária foi entregue na última terça-feira pelo prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) ao presidente da Câmara Municipal, Edil Albuquerque (PMDB).

O setor de saúde receberá R$ 492.669,000,00, a educação terá R$ 335.715.000,00, e transporte e urbanismo receberão R$ 401.741.000,00.

O restante do orçamento (R$ 357.963.000,00) será destinado aos demais setores: administração, agricultura, ciência e tecnologia, comércio e serviços, cultura, desporto e lazer, direitos da cidadania, gestão ambiental, indústria, judiciário, social, habitação, trabalho, legislativo e previdência social. A constituição prevê que o município repasse 15% para saúde e 25% para educação. Conforme o site da Câmara, Campo Grande vai repassar 24,91% e 25,42% para os dois setores, respectivamente.

O documento recebido pelo presidente da Casa, vereador Edil Albuquerque (PMDB), apresenta 23,18% de crescimento em relação ao orçamento do ano passado.

A peça orçamentária do próximo ano apresenta uma receita total de R$ 1.588.088.000,00. O valor é composto de R$ 704.681 milhões de receita própria e R$ 883.407 milhões de demais receitas.

O Orçamento do ano passado totalizou R$ 1.289.293.571,00, sendo R$ 578.312.000,00 de receitas próprias e R$ 710.981.571,00 referente a demais receitas.

A entrega do Orçamento contou também com a presença da secretária Municipal de Planejamento e Controladoria-Geral, Eva de Souza Salmazo, além dos vereadores Jorge Martins (PDT), Edmar Neto (PSDB), Gilmar Olarte (PP) e Cristóvão Silveira (PSDB).

Votação - O Orçamento 2009 segue agora para apreciação do legislativo municipal e das respectivas comissões competentes, que encaminhará o projeto para votação em Plenário. Os vereadores têm até a última sessão legislativa deste semestre (prevista para o dia 18 de dezembro - quinta-feira) para votar e aprovar a peça orçamentária.

Banner Whatsapp Desktop
Annelies
TCE - Devolução Auxílio Emergencial