30 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
PMCG
TRAGÉDIA EM MG

Prefeitura de Mariana suspende recebimento de doações

O objetivo é evitar desperdícios e verificar se o que já foi arrecadado atende a necessidade da população.

16 novembro 2015 - 09h23Da redação
Internautas divulgam conta bancária vinculada prefeitura de Mariana/MG. Qualquer valor pode ser deposito. As contas são geridas por um conselho gestor com representantes de diversos setores da sociedade civil para dar transparência à ação.
Internautas divulgam conta bancária vinculada prefeitura de Mariana/MG. Qualquer valor pode ser deposito. As contas são geridas por um conselho gestor com representantes de diversos setores da sociedade civil para dar transparência à ação. - Divulgação/Facebook

A Prefeitura de Mariana, na Região Central de Minas Gerais, suspendeu, ontem (15), o recebimento de donativos aos atingidos pelo rompimento das barragens. De acordo com a administração municipal, o objetivo da decisão é fazer o levantamento da quantidade dos itens doados e verificar se o que foi conseguido atende as necessidades da população afetada pelo desastre ambiental.

Ainda segundo o órgão, serão mantidas as doações em dinheiro em contas bancárias, vinculadas à Prefeitura de Mariana, geridas por um conselho gestor com representantes de diversos setores da sociedade civil para dar transparência à ação.

A prefeitura ressalta a importância do trabalho voluntário e informa que, em caso de restabelecimento da campanha, uma nota oficial será publicada no site.

Mobilização Virtual
Diversas pessoas de todo o Brasil se mobilizaram a semana toda nas redes sociais a fim de conseguir doações de donativos entre eles água mineral para ajudar a população de Mariana/MG e região.
Conheça alguns dos voluntários que tiveram essa inciativa e saiba como ajudar: Juiz William Douglas https://www.facebook.com/PaginaWilliamDouglas/posts/942897585765545?fref=nf&pnref=story?, Luisa Mell https://www.facebook.com/LuisaMellOficial/?fref=ts?https://www.facebook.com/events/189182084755648/?.

Entenda o Caso

No dia 5 deste mês, as barragens Fundão e Santarém da Samarco, cujos donos são a Vale e a anglo-australiana BHP, se romperam, despejando 62 milhões de metros cúbicos de rejeitos de minério e água. O distrito de Bento Rodrigues foi destruído e centenas de pessoas ficaram desabrigadas. A lama alcançou outros distritos de Mariana, como Águas Claras, Ponte do Gama,Paracatu e Pedras, além da cidade de Barra Longa. Os rejeitos no Rio Doce afetaram dezenas de cidades na Região Leste de Minas Gerais e no Espírito Santo.

Informações oficiais divulgadas na tarde de sábado (14), aponta que 15 pessoas estão na lista de desaparecidos  após o rompimento das barragens no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, no dia 5 de novembro. Sete corpos foram reconhecidos e três esperam identificação. 

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
GAL COSTA
pmcg ms
TJ MS