26 de janeiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
senar curso
Entidade

Portadores de doenças crônicas os mais prejudicados

MÊS DA ECONOMIA COMPER

Os consumidores, especialmente os portadores de doenças crônicas que usam medicamentos de forma contínua, vão ser os grandes prejudicados caso a Justiça acate os argumentos do Sinprofarms e limite os descontos. É o caso, por exemplo, de quem tem osteoporose.  Um dos medicamentos mais vendidos no  tratamento, o Evista 60mg tem preço de tabela a R$ 172, 48, na São Leopoldo é vendido com os descontos por R$ 144,88, porém se o limite de 10% for determinado pelo juiz deverá ser vendido por no máximo R$ 155,23. São R$ 17,25 que o consumidor terá que pagar a mais.

O medicamento para tratamento de colesterol Crestor, 10 miligramas, com 30 cápsulas é vendido com preço regular médio de R$ 110, mas pode custar até R$ 69, por conta dos descontos. O CIALIS, usado para disfunção erétil, tem um preço de tabela de R$ 71,00 (por dois comprimidos), com os descontos é encontrado a R$ 53,00. Se o desconto for limitado a 10%, o preço cairia para 63,00, uma diferença de  R$ 10,00, portanto.

Banner Whatsapp Desktop
Senar
TJ MS