28 de janeiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TRÂNSITO

População comemora ativação de semáforos em cruzamentos da Rua Pernambuco

Nesta manhã, o local recebeu a ativação de um conjunto semafórico

17 maio 2017 - 11h28
O diretor-presidente da Agetran, Janine de Lima Bruno, disse que existe um déficit gigantesco de locais com necessidade da instalação de semáforos
O diretor-presidente da Agetran, Janine de Lima Bruno, disse que existe um déficit gigantesco de locais com necessidade da instalação de semáforos - Prefeitura
MÊS DA ECONOMIA COMPER

Nesta manhã, o cruzamento da Padre João Crippa com a Pernambuco recebeu a ativação de um conjunto semafórico, implantado pela prefeitura, por meio da Agência Municipal de Transporte e Trânsito – Agetran.

“Nas muitas vezes que ajudei a socorrer acidentes aqui, precisei até retirar pessoas dentro de veículos que estavam pegando fogo. Isso é uma loucura, todo mundo está com pressa e ninguém fazia nada para frear as estatísticas de acidentes aqui. Semáforo resolve de imediato e sai mais barato do que aquilo que se gasta nos hospitais socorrendo essas vítimas”, desabafou Araújo, ao encontrar o prefeito Marquinhos Trad.

Na quadra abaixo, o engenheiro aposentado Robinson Claudio Febrini fez questão de agradecer o prefeito pela ativação do semáforo no cruzamento das ruas Pedro Celestino com Pernambuco.

@9

“Faltou responsabilidade das gestões municipais nas últimas três décadas para com a vida alheia. Quando se tem boa vontade, se dá um jeito e hoje estamos vendo isso com esses semáforos. São 30 anos assistindo gente agonizar na frente da minha casa, vítimas dos milhares de acidentes e ninguém fazia nada. Hoje começa uma nova fase”, ressaltou Febrini.

Ao ativar os dois conjuntos semafóricos, que foram implantados por meio de uma compensação, garantida pela GDU (Guia de Diretrizes Urbanísticas), executada por uma empresa por conta do impacto causado por uma obra na região, o prefeito disse que estranhou não haver a sinalização eletrônica no local, diante das estatísticas oficiais de acidentes graves.

“Me chamou atenção o pleito da população para a instalação dos semáforos nesses dois cruzamentos. Existem abaixo-assinados protocolados há anos na prefeitura. Quando recebi a demanda, fiz a seguinte pergunta: Porque demora tanto essa intervenção, sendo que este local apresenta um índice de acidentes muito maior do que é considerado comum em outros locais que apresentam a mesma necessidade? Estamos ativando esses equipamentos e vamos continuar buscando meios para resolver essas questões de trânsito nos locais em que tais medidas se fazem urgentes”, assegurou Marquinhos.

O diretor-presidente da Agetran, Janine de Lima Bruno, disse que existe um déficit gigantesco de locais com necessidade da instalação de semáforos, mas justifica que a atual gestão encontrou a agência de trânsito sem condições estruturais de realizar de imediato tais iniciativas.

“O problema é a desestruturação que a gente encontrou ao assumir o órgão. Estamos nos estruturando, nos esforçando, e buscando material para conseguir trabalhar e aí obter recursos para implantar novos semáforos. Não é surpresa para ninguém que será um ano bem difícil, porém, não estamos de braços cruzados”, ponderou Janine.

Banner Whatsapp Desktop
Senar
TJ MS