19 de janeiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
meio ambiente

PMA fiscaliza rios do MS durante piracema e aprende petrechos ilegais de pesca

Até o momento foram retirados do rio Miranda e apreendidos 34 anzóis de galho, um espinhel com 20 anzóis e duas garateias armadas em galhos à margem do rio

28 novembro 2020 - 16h31Redação
Equipes da Polícia Militar Ambiental (PMA) de Jardim e Bonito estão em conjunto trabalhando na prevenção à pesca predatória
Equipes da Polícia Militar Ambiental (PMA) de Jardim e Bonito estão em conjunto trabalhando na prevenção à pesca predatória - (Foto: Polícia Militar Ambiental)

Equipes da Polícia Militar Ambiental (PMA) de Jardim e Bonito estão em conjunto trabalhando na prevenção à pesca predatória no rio Miranda e da Prata na operação Piracema, desde ontem (27) e continuam hoje (28) e apreenderam petrechos ilegais de pesca.

 Até o momento foram retirados do rio Miranda e apreendidos 34 anzóis de galho, um espinhel com 20 anzóis e duas garateias armadas em galhos à margem do rio. Uma equipe que trabalha no rio da Prata, onde a pesca é proibida, mesmo quando não é período de piracema, não encontrou nenhuma irregularidade.

Mesmo que não sejam presos os infratores que armam o material ilegal, a intensificação deste tipo de fiscalização para a retirada desses petrechos com alto poder de captura evita a degradação dos cardumes, especialmente neste período de piracema. Além disso, a presença preventiva dos Policiais nos rios evita que pessoas vão praticar pesca no período de defeso e é fundamental para que a reprodução não sofra nenhum revés.

Banner Whatsapp Desktop