28 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Saúde

Perda de audição pode comprometer o aprendizado ainda na infância

Fort  Atacadista - 21 ANOS

  Essa criança pode simplesmente apresentar perda de audição, um problema que poucos percebem de imediato.”Com dificuldades para ouvir, as crianças não conseguem aprender direito. Além disso, costumam ter conflitos de relacionamento com colegas e ainda apresentar distúrbios de comportamento, como falta de concentração ou retraimento em excesso.

  Está comprovado que alunos com problemas de audição têm um rendimento escolar inferior e muitos repetem de ano.Médicos e fonoaudiólogos chamam a atenção para a necessidade de um diagnóstico precoce.

  Quanto mais cedo o problema é detectado, maiores as chances de essa criança ter uma vida normal. “Através do exame audiológico é possível verificar se a criança apresenta problema para ouvir. Durante a audiometria, o fonoaudiólogo detecta o grau e o tipo de perda auditiva”, explica Isabela Gomes, fonoaudióloga do Centro Auditivo Telex.

  Em bebês e crianças pequenas, a deficiência auditiva - dependendo do grau de surdez - pode causar atraso no desenvolvimento da linguagem. Com isso, a criança pode ter dificuldade na fala, com reflexos na escrita e no aprendizado em geral.

  Quanto maior o grau de surdez, maior a dificuldade em ouvir os sons de fala, do ambiente e também em ser ouvido. Os prejuízos em geral são imensos. O problema afeta o convívio com parentes, professores e colegas. O futuro dessas crianças poderá ser limitado, ou não, se os pais agirem com rapidez na busca de tratamento.

  O Centro Auditivo Telex lançou no Brasil o equipamento ‘’Amigo’’, sistema FM que permite a comunicação direta de pais e professores com crianças e jovens que apresentam problemas auditivos. Essa tecnologia pode ser utilizada em várias situações e lugares, mas dentro das salas de aula ela é fundamental para ajudar o aluno com deficiência auditiva a entender com clareza o que o professor está ensinando.

  Criado pela Oticon - líder mundial na comercialização de aparelhos auditivos -, o equipamento ‘’Amigo’’ é composto por um microfone (transmissor) e um receptor.A pessoa que está falando, no caso o professor, utiliza o minimicrofone acoplado à roupa e a sua voz é transmitida diretamente para o receptor que está no aparelho auditivo do ouvinte, que é o aluno.

  Isso ajuda a cortar qualquer efeito negativo da distância, eco ou ruído de fundo, mantendo o sinal da fala original alto e claro e, possibilitando, dessa forma, um aprendizado normal para esse aluno.O apoio e estímulo da família, dos professores e dos profissionais envolvidos com o tratamento (fonoaudiólogos, pediatras, otorrinos, psicólogos) é fundamental.

  “Os pais de crianças com suspeita de surdez devem agir rapidamente, buscando um serviço especializado para obter orientações sobre como desenvolver as potencialidades de seus filhos e não tratá-los de forma diferente. A tecnologia tem avançado muito também nessa área e hoje temos muitos recursos.

  Quando não existe a possibilidade de cirurgia, o uso de aparelhos de audição e equipamentos como o ‘’Amigo’’ resolvem o problema”, conclui a fonoaudióloga do Centro Auditivo Telex.

Banner Whatsapp Desktop
MS Digital
Annelies