22 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
INFRAESTRUTURA

Pavimentação da estrada Camisão-Piraputanga impulsionará o turismo

O Governo do Estado licitará o asfalto no dia 29 deste mês, conforme edital publicado pela Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos

21 maio 2017 - 10h00
O governador anunciou que autorizará o início da obra de R$ 25 milhões tão logo seja assinado o contrato com a empresa vencedora do certame
O governador anunciou que autorizará o início da obra de R$ 25 milhões tão logo seja assinado o contrato com a empresa vencedora do certame - Divulgação
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

A pavimentação de 18,5 quilômetros da MS-450, estrada ecológica entre os distritos de Camisão e Piraputanga, em Aquidauana, é uma das obras de infraestrutura mais aguardada pelos moradores e empresários de turismo da região. O Governo do Estado licitará o asfalto no dia 29 deste mês, conforme edital publicado pela Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul).

Em visita ao vizinho município de Anastácio, na semana passada, o governador anunciou que autorizará o início da obra de R$ 25 milhões tão logo seja assinado o contrato com a empresa vencedora do certame. “Assumimos o compromisso com Aquidauana e vamos cumprir”, disse Reinaldo Azambuja, lembrando que os recursos são do Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de MS (Fundersul) e estão garantidos.

“O acesso pavimentado da estrada parque mudará o perfil do nosso turismo e desenvolverá uma região esquecida por outros governos”, comemorou o prefeito Odilon Ribeiro (PSDB), que se reuniu com o governador, juntamente com lideranças políticas do município, na quinta-feira (11.5). “Reinaldo Azambuja está investindo como nenhum outro governador investiu em Aquidauana e nos confirmou ainda R$ 2 milhões para recapeamento de vias urbanas”, adiantou.

Roteiro turístico

Com início no distrito de Palmeiras, em Dois Irmãos do Buriti, a estrada ecológica, hoje parcialmente asfaltada, é um dos principais produtos turísticos de Mato Grosso do Sul pela suja beleza cênica – de um lado, o Rio Aquidauana com suas corredeiras atraindo pescadores; do outro, os paredões de arenito da Serra de Maracaju dividindo planalto e planície. O local é muito visitado por pescadores e amantes de esportes radicais, como trilhas e escaladas.

Projetando um novo momento para o destino, a Fundação de Cultura e Turismo de Aquidauana tem como meta a formatação de um roteiro dos empreendimentos prestadores de serviços existentes nos distritos e a implantação da sinalização turística nos principais acessos aos atrativos naturais que circundam a morraria, habitat de inúmeras espécies de animais e aves, como araras azuis. A circulação de um trem turístico também está em estudos, com o apoio do trade local.

Emprego e renda

“Com a pavimentação da rodovia, toda região será beneficiada, principalmente a comunidade local, que sofre transtornos quanto ao tráfego em dias de chuva”, observa o diretor presidente da Fundação, Humberto Torres. “É uma obra de grande importância para o fomento do turismo, promovendo o aumento do fluxo dos turistas e visitantes que procuram a região dos distritos para lazer, aumentando a taxa de ocupação”, acrescentou.

Com a infraestrutura garantindo acesso fácil e ininterrupto, o ganho será de todos, conforme Humberto Torres, que vislumbra, também, a atração de novos empreendimentos, assim como a procura pelos serviços de alimentação. “Movimentará toda a cadeia produtiva do turismo, principalmente os produtores da agricultura familiar moradores nos distritos, gerando emprego e renda, consequentemente, melhorando a qualidade de vida dos mesmos”, citou.

 

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você apoia o retorno do ensino presencial em escolas públicas ainda no ano de 2020?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)
TJ MS
pmcg ms