30 de novembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
SESI - Campanha Industria Geração de Empregos 1
EPIDEMIA

Parques e Praças ganham agentes voluntários no combate à dengue

Nesta terça-feira (6) os agentes da Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais estarão no Parque Ayrton Senna, onde iniciarão os treinamentos e analise de locais que precisam ser vistoriados pelos agentes voluntários para a ação, que se inicia às 14

5 junho 2017 - 08h37
Fort Atacadista Natal

Para manter o trabalho de combate a dengue, a Fundação Municipal de Esportes (Funesp) abraçou a iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) e adotou o “agente voluntário de prevenção à criação do mosquito Aedes Aegypti nos Parques e Praças da Capital”.

Nesta terça-feira (6) os agentes da Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais estarão no Parque Ayrton Senna, onde iniciarão os treinamentos e análise de locais que precisam ser vistoriados pelos agentes voluntários para a ação, que se inicia as 14 horas.

“É nosso dever como cidadãos e como agentes públicos contribuir para a extinção dos focos do mosquito Aedes Aegypti, principalmente em locais de grande circulação, e com essa excelente iniciativa criaremos uma rotina de inspeção e limpeza nos parques e praças da Capital”, declarou o diretor-presidente da Funesp, Rodrigo Terra.

Cada Praça terá um servidor-voluntário, que será capacitado pela equipe da Sesau para cuidar diariamente do local, garantindo que não haja água acumulada para proliferação do mosquito.

O trabalho da Sesau é evitar um surto de dengue no verão, como explica o gerente técnico do controle de vetores, Marcos Luiz. “Em 2016 tivemos três mortes e não queremos mais notícias como essa. Por isso, estamos antecipando as ações para combater uma possível epidemia”, justificou.

O primeiro passo, segundo ele, é a capacitação dos agentes. “Após a formação do colaborador voluntário, realizaremos visitas em todos os parques para mostrar ‘in loco’ os locais mais comuns e os mais difíceis, que podem acumular água e umidade. E depois faremos um mutirão de limpeza simultâneo nas unidades”, ponderou Marcos Luiz.

Banner Whatsapp Desktop
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia