24 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Mundo

OCDE pede a latino-americanos esforços para reduzir pobreza

30 novembro 2009 - 17h57
Fort  Atacadista - 21 ANOS

  Mas necessita intensificar as políticas para a redução de pobreza e das desigualdades sociais, além de melhorar as áreas de educação e infraestrutura. Para o órgão, as medidas devem ser adotadas o mais rápido possível, mas com efeitos a longo prazo.

  As recomendações à América Latina foram transmitidas hoje (30), por meio de nota oficial da OCDE, em Portugal.

  “Os governos têm que ativar os planos de recuperação para fortalecer os programas de redução de pobreza, mas também enfrentar os desafios de longo prazo nas áreas como educação, inovação, governança corporativa, infraestrutura, energia renovável e estado de direito.

  A América Latina precisa de políticas com impacto a curto prazo e uma visão a longo prazo”, disse Gurría, no documento.

  Para OCDE, é fundamental ainda elaborar ações que facilitem a migração legal, adotando medidas que protejam a emissão de divisas, assim implementando alternativas para o mercado de trabalho. Segundo o órgão, é necessário estender os serviços de proteção social para os migrantes latino-americanos.

  De acordo com dados da OCDE, apenas 15% dos imigrantes latino-americanos são protegidos por acordos de seguridade social entre os países de origem e de destino.

  No documento encaminhado aos governos latino-americanos, há ainda recomendações para estimular e acelerar o desenvolvimento econômico. Segundo a OCDE, é necessário aperfeiçoar as agências de classificação, principalmente nos países da América Central e no Caribe.

  A OCDE recomenda que os países da América Central e Caribe sigam o exemplo do México e desenvolvam iniciativas para que os migrantes façam suas remessas por meio de canais oficiais e a custos menores.

  Criada na década de 60, a OCDE é uma organização internacional que reúne 30 países-membros que defendem os princípios da democracia e do livre comércio. A sede do organismo fica em Paris (França).

Banner Whatsapp Desktop
ALMS
Annelies