07 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Interior

Nioaque ganha central para beneficiar 320 kg de frutas, verduras e legumes

RIEDEL - O objetivo é dar as ferramentas para que se possa transformar a vida de todos
RIEDEL - O objetivo é dar as ferramentas para que se possa transformar a vida de todos - Divulgação
Cassems
No próximo ano, com a agroindústria em pleno funcionamento, a unidade destinada ao açúcar mascavo pode chegar aos 480 kg por dia, beneficiando os produtores da região. 
 
O empreendimento, fruto da parceria entre a Fundação Banco do Brasil, Prefeitura Municipal, Sebrae e Seprotur, será conduzido pela Aprobam – Associação de Produtores e Beneficiadores de Açúcar Mascavo e Polpa de Frutas da cidade, responsável por gerenciar a produção e distribuí-la ao mercado sul-mato-grossense. “Nós somos instrumentos para esta construção, mas o prédio não tem valor algum se todos vocês não o fizerem funcionar.
 
O objetivo é dar as ferramentas para que se possa transformar a vida de todos”, destacou o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no MS e da Famasul, Eduardo Riedel. 
Um grupo de 15 famílias associadas, que realizará o beneficiamento na agroindústria, foi capacitado pelo Sebrae com consultorias de boas práticas para fabricação de alimentos e gestão, com foco nos custos, logística e mercado. A expectativa é que, conforme haja aumento da demanda, novos produtores se associem, gerando assim renda para mais famílias da região. 
 
“Levamos estas pessoas para conhecer uma agroindústria modelo de outro estado; ver de perto como funciona para aplicar aqui. Nioaque tem mais de 30 mil hectares de assentamentos, portanto, queremos dar possibilidade de renda às famílias”, lembrou Cláudio Mendonça, superintendente do Sebrae no MS, que agradeceu às entidades do Conselho, que possibilitaram a realização da obra, e a todos os produtores que se empenharam. 
 
Para o presidente da Aprobam, Adelmar Conceição da Silva, o grande objetivo da associação é agregar valor e fazer com que os alimentos cheguem a outros mercados, além do local, como as cidades de Bonito, Maracaju, Sidrolândia e Campo Grande. “Antigamente, muito se produzia, mas não chegávamos a tantos consumidores. Queremos hoje ajudar o produtor a comercializar o seu produto”, diz. Em discurso emocionado, Adelmar reforçou que a agroindústria é para todos e convocou todos a se associarem. 
 
Potencial de produção - A secretária de Estado da Seprotur, Tereza Cristina Correa da Costa, reforçou a capacidade do município em atender à demanda da cadeia do turismo da região. “Hoje temos aqui uma série de opções para fornecer alimentos e obter renda. Espero que em 2014 estejamos com esta casa cheia de produtos”. Ao lembrar que a cidade possui ainda – ambas vizinhas à agroindústria – unidades para beneficiamento de mel e grãos, o prefeito Gelson Serva prometeu colocar ambas as estruturas em funcionamento já no próximo ano. “Para que possamos desenvolver o agronegócio do nosso município e levar os produtos a grandes consumidores”, concluiu. 
 
Outras inaugurações - Ainda neste sábado foram inauguradas em Nioaque a Biblioteca da Indústria do Conhecimento do Sesi, 36ª da instituição no MS, e a Sala do Empreendedor, a primeira do estado a atender tanto empreendedores urbanos quanto rurais, com orientações para abertura de empresa e emissão de DAP (Declaração Anual do Produtor Rural). 
 
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE