24 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
INTERNACIONAL

'Não há dúvidas' de que Rússia interferiu na eleição dos EUA em 2016, diz Ryan

16 julho 2018 - 18h29

O presidente da Câmara de Representantes dos Estados Unidos, o republicano Paul Ryan, afirmou nesta segunda-feira que "não há dúvidas" de que a Rússia interferiu na eleição presidencial americana de 2016 e continua buscando minar a democracia nos EUA e em todo o mundo.

A comunidade de inteligência americana e o Comitê de Inteligência da Câmara concordam que Moscou interferiu no pleito de dois anos atrás, apontou Ryan, acrescentando que "o presidente (Donald Trump) tem de avaliar como a Rússia não é um aliado" de Washington, pois permanece hostil aos "mais básicos valores e ideais" dos EUA.

"Os Estados Unidos têm de estar focados em que a Rússia assuma a responsabilidade pelos seus atos e em dar fim a seus ataques vis sobre a democracia", declarou o republicano pelo Estado de Wisconsin.

Os comentários de Ryan vieram na esteira da afirmação de Trump em uma cúpula com o presidente russo, Vladimir Putin, de que não vê qualquer razão por que a Rússia interferiria na eleição dos EUA. O Kremlin nega ter promovido qualquer ação de Estado voltada para o processo eleitoral americano. (Associated Press)

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você apoia o retorno do ensino presencial em escolas públicas ainda no ano de 2020?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)
pmcg ms
TJ MS