30 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
PMCG
OBRAS

Região de Dourados terá nova ponte de concreto

A antiga, de madeira, será substituída; R$ 6,1 milhões serão investidos

15 setembro 2020 - 16h56
A construção dessas estruturas faz parte do “Programa Mais Pontes”
A construção dessas estruturas faz parte do “Programa Mais Pontes” - (Fotos: Agesul/Divulgação)

A ponte de madeira entre as cidades de Dourados e Deodápolis, na MS-274, será, em breve, uma paisagem do passado. Em até 30 dias começam as obras de construção da nova ponte de concreto armado, com 91 metros de extensão e 10 de largura. A Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul) publicou nessa terça-feira (15) o nome da empresa vencedora do processo licitatório.

O Governo do Estado investiu R$ 6,1 milhões na obra que irá atender diversos produtores na região. O prazo para conclusão da ponte são 270 dias, a partir da Ordem de Início de Serviço (OIS), que será dada logo após a assinatura do contrato.

A Agesul também já publicou o nome da empresa responsável pela construção da ponte de concreto sobre o córrego Laranja Doce, na estrada vicinal Barro Preto, entre Dourados e Douradina. Hoje, no local motoristas trafegam por uma ponte de madeira que será substituída por uma estrutura de concreto, com 51 metros de extensão e 6 de largura. Nos próximos dias, a empresa deve assinar o contrato com a Agesul  e logo a obra deve iniciar.

“Programa Mais Pontes”

A construção dessas estruturas faz parte do “Programa Mais Pontes”, criado pelo Governo do Estado para realizar, de forma programada, a substituição de pontes de madeira por pontes ou galerias de concreto: materiais mais duráveis e que requer menos manutenção.

"O 'Programa Mais Pontes' abrange os 79 municípios. Com a crescente expansão do agronegócio e o crescimento das cidades, atender a essas demandas é de suma importância para a manutenção da economia do Estado, além de viabilizar acessos e transformar a vida de muita gente", afirmou o vice-governador e secretário de Infraestrutura, Murilo Zauith.

Projetos

Das 36 pontes que em julho deste ano estavam em fase de projeto de engenharia, estudo e orçamento, 14 já foram para fase de licitação de obra ou já estão aguardando Ordem Serviço. As outras 22 listadas abaixo, que vão beneficiar diversas regiões do Estado, seguem na etapa de elaboração ou contratação de projeto. 

    • Córrego Cachoeira (Dois Irmãos do Buriti); Córrego Taguaruçu (Dois Irmãos do Buriti); Rio Dois Irmãos (Dois Irmãos do Buriti);
    • Córrego Toro (Naviraí\ MS-290) e Rio Amambaí (Itaquiraí\ MS290);
    • Córrego da Lata, Córrego Dourado, Rio Iguatemi e Córrego Pacova (Iguatemi e Japorã \ MS-386);
    • Córrego Tapa, Córrego Corredeira, Córrego Desencano e Córrego Canastrão (Terenos\MS-355);
    • Vazante I, II, III do Inhumas (3 pontes Rio Negro\ MS-228);
    • Rio Verde (Rio Verde de Mato Grosso \estrada vicinal);
    • Rio Piripucu (Bela Vista\MS- 472);
    • Rio Bacuri (estrada vicinal\ Bonito);
    • Córrego Barreiro (Divisa de Rochedo com Bandeirantes);
    • Rio Taquara (Laguna Carapã\ MS-378);
    • Rio Branco (Porto Murtinho\ estrada vicinal);
    • Rio Inhumas; Rio Coxim; Vazante Corixão (estrada vicinal \ Rio Verde de Mato Grosso e São Gabriel do Oeste);
    • Rio Midaque (Nioaque);
    • Rio Aporé (Paranaíba \ MS-434).
Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
GAL COSTA
TJ MS
pmcg ms