28 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Campanha Bonito Seguro - Fase 2
AO VIVO Acompanhe a transmissão do jornal GIRO ESTADUAL DE NOTÍCIAS
Transmitido simultaneamente para as emissoras do Grupo Feitosa de Comunicação
Legislativo

Na rede pública faltam pediatras

Fort  Atacadista - 21 ANOS

Atualmente a Secretaria Municipal de Saúde Pública (SESAU) possui aproximadamente 60 pediatras para trabalharem em nove Unidades de Pronto Atendimento/24h, o que significa que diariamente temos 3 vagas de pediatria no período da manhã, tarde e noite em cada Unidade o que perfaz um total de 81 vagas de plantão/dia.

No ano de 2007 a SESAU publicou, nos jornais de maior circulação no país, edital convidando médicos pediatras a se instalarem em Campo Grande. Segundo o presidente do legislativo municipal, vereador Edil Albuquerque, “acrescenta-se a esta realidade, o agravante que em todas as outras cidades deste Estado a situação é pior, o que acarreta numa enorme migração destes pacientes para Campo Grande”.

A escassez de pediatras de plantão em alguns períodos e/ou dias faz com que o trabalho executado por aqueles que estão de plantão tenha um volume excessivo de consultas por pediatra, demora significativa para o atendimento de alguns pacientes classificados com “AZUIS” na triagem de risco, impaciência e comportamento agressivo por parte dos acompanhantes. Por fim, Edil Albuquerque afirma que “o pleito justifica-se considerando que a solução através do aumento de pediatras para o mercado é imprescindível, considerando a necessidade de se criar novos atrativos para garantir a permanência do quadro atual de pediatras e se possível aumentá-lo e considerando o desejo e a necessidade da população ter de forma garantida, contínua e ininterrupta o atendimento de pediatria para nossas crianças, criando assim a Unidade de Pronto Atendimento Infantil/UPA Infantil como referência maior para cobertura integral à saúde de nossas crianças campo-grandenses”, finaliza

Banner Whatsapp Desktop
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
PMCG